Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ativista de Taiwan acusado de subversão na China declara-se culpado

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

Um ativista de Taiwan declarou-se hoje culpado de subversão, tornando-se no primeiro membro de uma organização não-governamental a ser alvo de um processo-crime na China, desde que Pequim apertou o controlo sobre ONG estrangeiras.

"Eu difundi artigos atacando maliciosamente o Partido Comunista da China, o atual sistema e o governo chinês", disse Lee Ming-che, em tribunal, na cidade de Yueyang.

A mulher do ativista afirmara anteriormente que ele poderia ser pressionado a declarar-se culpado.

Lee Ming-che realizava palestras 'online' sobre a democratização em Taiwan e geria um fundo para as famílias de presos políticos na China.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon