Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Atlético sofre, mas vence e coloca pressão no Real

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/10/2017 Hugo Monteiro

Atlético Madrid sofreu para vencer, por magro 1-0, na visita ao Celta de Vigo.

O Atlético Madrid sofreu para vencer, por magro 1-0, na visita ao Celta de Vigo, o que lhe permitiu subir, provisoriamente, ao terceiro lugar da Liga espanhola de futebol, à nona jornada.

Os colchoneros, exímios a defender -- os galegos ficaram pela primeira vez em branco esta época - e muito eficazes no ataque, marcaram o único golo por intermédio do lusodescendente Kevin Gameiro, aos 28 minutos.

© LAVANDEIRA JR/EPA

Na sequência de um canto na direita, um defesa do Celta cabeceou para a sua pequena área onde Gameiro surgiu a atirar, à meia-volta, sem defesa (0-1), numa das raras oportunidades da equipa de Diego Simeone.

O guarda-redes Oblak, ex-Benfica, foi decisivo para manter a baliza do Atlético Madrid a 'zeros'.

Aos 68, o Celta ficou a reclamar uma grande penalidade, por mão de Gabi na área, ficando a sensação de que tinham razão nos protestos junto da equipa de arbitragem.

O Atlético de Madrid soma agora 19 pontos, mais dois do que o Real Madrid (4.º), que ainda hoje recebe o Eibar (16.º), estando a dois pontos do Valência (2.º) e a seis do líder Barcelona.

O Villarreal, de Ruben Semedo, que não foi convocado, goleou o Las Palmas por 4-0, subindo ao quinto lugar, com 16 pontos, enquanto o rival é antepenúltimo, com apenas seis.

A goleada foi 'desenhada' com golos do avançado congolês Bakambu (48), do lateral direito Mário Gaspar (65), um autogolo do central Ximo Navarro (67) e um golo do avançado italiano Sansone (90+3).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon