Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Austrália repatria grupo de chineses que chegou ao país por via marítima

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/08/2017 Administrator

O Governo da Austrália confirmou hoje o repatriamento para a China de um grupo de cidadãos daquele país que chegou por via marítima ao território australiano, sem esclarecer se se tratava de requerentes de asilo.

"Temos boas estratégias de segurança de fronteira [por isso] estas pessoas foram detetadas", disse a ministra australiana dos Negócios Estrangeiros, Julie Bishop, ao canal 9, sem precisar se os detidos tinham intenção de procurar asilo no país oceânico.

A 20 de agosto, seis cidadãos chineses, juntamente com um alegado traficante da Papua Nova Guiné, desembarcaram na ilha Saibai, no Estreito de Torres (nordeste australiano), depois de terem sido intercetados pelas autoridades locais, informou hoje o diário Sydney Morning Herald.

A fonte indicou que um dos cidadãos chineses e o da Papua Nova Guiné foram detidos e acusados nos tribunais australianos por alegados delitos de tráfico de pessoas, enquanto os outros cinco asiáticos foram deportados para China.

A chegada deste barco contradiz as declarações do ministro da Imigração, Peter Dutton, que na segunda-feira assegurou que nenhum navio com imigrantes indocumentados chegou ao país nos últimos mil dias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon