Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autáquicas: Candidata do PTP defende terminal de autocarros no Funchal

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

A candidata do Partido Trabalhista Português (PTP) à Câmara do Funchal nas eleições de 01 de outubro defendeu hoje a necessidade de construção de um terminal de autocarros para acabar com "anarquia" na mobilidade dos residentes e turistas.

"Entendemos que já está na altura de ter um terminal de autocarros no Funchal, onde possa congregar todas as carreiras urbanas e interurbanas que parte da cidade", disse Raquel Coelho numa iniciativa da campanha eleitoral em frente ao município do principal concelho da Região Autónoma da Madeira.

A cabeça de lista trabalhista madeirense sublinhou que "a falta de organização e de mobilidade das populações" é uma das "grandes preocupações do PTP".

No seu entender, atualmente existe "uma completa anarquia" nesta matéria e os turistas são obrigados a "palmilhar a cidade em busca das paragens de autocarros" para os diferentes locais que pretendem visitar.

"Já está na altura de termos na cidade do Funchal um local central, uma infraestrutura com todas as condições, coberta, que proteja do calor e do frio, e que possa centralizar todas as companhias de transportes coletivos que partam daquele local, para servir não só os residentes, mas também os turistas", sustentou a cabeça de lista do PTP.

Raquel Coelho atestou que esta "é uma das grandes críticas que os turistas fazem nos hotéis", acrescentando que "está na altura de colmatar" este problema de forma articulada, entre a Câmara do Funchal, o Governo Regional da Madeira e as empresas de transportes coletivos.

A candidata sustenta que deve ser encontrado "um local central, onde se construa uma infraestrutura com todos os serviços" que costumam existir num terminal de autocarros, como um bar e "até supermercado, onde as pessoas possam facilmente entrar nos autocarros e deslocar-se para as suas casas", dando como exemplo o que existe em Sete Rios, em Lisboa.

A cabeça de lista argumentou ainda que "não faz grande sentido para uma cidade como o Funchal, a terceira mais visitada do país, uma grande capital", ainda não existir "uma infraestrutura digna, que possa atender a esta necessidade das populações e dos turistas".

A Câmara do Funchal é atualmente governada pela coligação Mudança (PS, BE, MPT, PTP e PAN).

São candidatos à presidência da Câmara Municipal do Funchal Rubina Leal (PSD), Rui Barreto (CDS-PP), Artur Andrade (CDU), o atual presidente, Paulo Cafôfo (PS/BE/JPP/PDR/Nós, Cidadãos!), Gil Canha (PPM/PURP), Raquel Coelho (PTP), Jorge Santos (PCTP/MRPP) e Roberto Vieira (MPT/PPV-CDC).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon