Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: António Parada formaliza candidatura a Matosinhos com 20 mil assinaturas

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/07/2017 Administrator

O Movimento de Cidadãos de Matosinhos -- António Parada SIM vai formalizar a candidatura independente à Câmara Municipal de Matosinhos com a entrega, na sexta-feira, de uma lista de cerca de 20 mil assinaturas no tribunal.

Em comunicado, o candidato referiu que a entrega das assinaturas no Tribunal de Matosinhos está agendada para as 13:30.

"Este é um movimento imparável que tem vindo a conquistar a confiança dos matosinhenses de uma forma cada vez mais clara", disse, citado na nota.

Segundo o independente, as pessoas acreditam que a sua candidatura é a que traz as respostas necessárias a criar um concelho cada vez mais moderno, inclusivo e onde seja um orgulho viver.

A candidatura independente encabeçada por António Parada é a primeira a ser formalmente oficializada no distrito do Porto, salientou.

O candidato indica que dia após dia este movimento tem ganho "cada vez mais" apoios, algo que se verifica pelo número de assinaturas "muito acima" do mínimo estabelecido legalmente.

António Parada lembra, na nota, que a sua candidatura tem no reforço da ação social, na promoção do emprego ou no aproveitamento das potencialidades turísticas de Matosinhos algumas das "chaves mestras" do seu programa.

"Os cidadãos sabem que é na nossa candidatura que encontram as melhores respostas para os anseios e problemas com que se debatem todos os dias", vincou António Parada, lembrando que ao entregar as assinaturas no Tribunal de Matosinhos está também "a assinar um compromisso com os matosinhenses".

A acompanhar António Parada está, como número dois, a docente e presidente do Conselho Geral da Escola Secundária Augusto Gomes, Emília Fradinho, e como candidato à presidência da Assembleia Municipal o chefe do Serviço de Pediatria do Hospital Pedro Hispano, Aires Pereira.

Já os candidatos às juntas de freguesia são: Diana Tomé (Matosinhos/Leça da Palmeira), Érica Sousa (S. Mamede Infesta/Senhora da Hora), José Leirós (Custóias/Leça do Balio/Guifões) e Gustavo Pinhal (Perafita/Lavra/Santa Cruz do Bispo).

Este movimento conta com o apoio formal do CDS-PP por este partido ver nesta candidatura uma "aproximação de valores".

António Parada, diretor técnico da Docapesca, candidatou-se nas autárquicas de 2013 pelo PS e, após 35 anos de militância no partido, decidiu desfiliar-se a 21 de abril em rotura com a Federação Distrital, nomeadamente com o seu presidente, pela forma como conduziu o processo de escolha do candidato do partido às eleições deste ano, a deputada Luísa Salgueiro.

Durante oito anos, Parada foi presidente da Junta de Freguesia de Matosinhos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon