Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Assunção Cristas entrega listas do CDS e quer "o máximo" em Lisboa

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/08/2017 Administrator

Assunção Cristas entregou hoje, no tribunal, as listas do CDS-PP à Câmara de Lisboa, com independentes e quase uma paridade entre homens e mulheres, assumindo que luta para "o máximo", a vitória. Em declarações à Lusa, antes da entrega das listas, no Palácio da Justiça, em Lisboa, a líder do CDS assumiu que a sua ambição é ganhar, mais do que disputar os votos com o PSD nas eleições de 01 de outubro, em Lisboa. "A minha ambição é ganhar as eleições", ...

Assunção Cristas entregou hoje, no tribunal, as listas do CDS-PP à Câmara de Lisboa, com independentes e quase uma paridade entre homens e mulheres, assumindo que luta para "o máximo", a vitória.

Em declarações à Lusa, antes da entrega das listas, no Palácio da Justiça, em Lisboa, a líder do CDS assumiu que a sua ambição é ganhar, mais do que disputar os votos com o PSD nas eleições de 01 de outubro, em Lisboa.

"A minha ambição é ganhar as eleições", disse, depois de lembrar que a última vez que o CDS concorreu sozinho obteve 6,9% e que é essa a sua base.

"Luto para o máximo, sabendo que a escolha é dos lisboetas", acrescentou, garantindo que, para obter "o máximo" no resultado é necessário "trabalhar muito" e todos estão "animados com uma belíssima lista".

Nas listas do CDS à câmara de Lisboa, Assunção Cristas é acompanhada pelo atual vereador, João Pedro Gonçalves Pereira, que nos últimos anos "fez uma oposição firme" e em terceiro lugar surge mais uma mulher - Conceição Zagalo.

Conceição Zagalo teve um percurso empresarial que passou pela IBM e, destacou Assunção, foi presidente do Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial (GRACE) e distinguida pela Amnistia Internacional, em 2007, pelas suas "causas sociais".

A encabeçar a lista à Assembleia Municipal está outra mulher e independente, a catedrática em arquitetura paisagística Cristina Castel-Branco, com experiência em espaços verdes e urbanismo

Em síntese, a participação destes independentes "é uma enorme mais-valia para o projeto" em Lisboa, pelo que significa de "alargamento do partido a pessoas reconhecidas, com qualidade e valor, mostrando que é uma "candidatura aberta e alargada".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon