Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: BE/Açores acusa CTT de destruição de propaganda, empresa vai investigar

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/09/2017 Administrator

O BE/Açores acusou hoje os CTT de destruição de propaganda política e anunciou queixa à Comissão Nacional de Eleições e à empresa que, entretanto, anunciou uma investigação à situação.

Em comunicado, o Bloco de Esquerda informa que "adjudicou aos CTT um serviço de distribuição de propaganda política designado por 'Info Mail'", que é pago e "destina-se a comunicações de caráter informativo, classificadas pelos CTT de interesse público".

O BE adianta que na sexta-feira "foi alertado por um cidadão para o facto de ter sido encontrado, num terreno baldio na zona das Laranjeiras, um caixote com manifestos de campanha da candidatura" à autarquia de Ponta Delgada.

"No local, deparámo-nos com uma caixa com dois mil manifestos de campanha atirada para um terreno baldio. A caixa em questão estava identificada com uma fita com o logótipo dos CTT. Não é de estranhar, portanto, que tenhamos relatos de tantos eleitores que assumem não ter recebido a propaganda política do BE nas suas casas, em zonas cobertas pela distribuição de 'Info Mail' contratada pelo BE aos CTT", refere o partido.

O BE/Açores considera que "a caixa encontrada só poderá ter sido atirada para aquele local pelos CTT, uma vez que a fita identificativa dos CTT só poderá ter sido colocada nas instalações desta empresa".

"Os CTT não cumpriram, intencionalmente, o contrato e destruíram propaganda política do BE, prejudicando seriamente a nossa campanha eleitoral, além dos prejuízos financeiros daí decorrentes", sustenta o Bloco, acusando também os Correios de prejudicarem "o esclarecimento das pessoas em relação às propostas políticas em discussão nestas eleições autárquicas e, por isso, prestaram um péssimo serviço à Democracia".

O BE diz ser "fundamental que os CTT venham esclarecer a sua triste atuação e digam porquê e em benefício de quem é que destruíram propaganda política" do Bloco, garantindo que o partido "utilizará todos os meios ao seu dispor para responsabilizar os CTT por esta ação".

Confrontada com esta situação, a empresa esclarece que "os CTT só agora tomaram conhecimento desta denúncia e, a ter ocorrido, lamentam a situação, que carece ainda de investigação e confirmação".

"Para apurar o que eventualmente possa ter ocorrido, os CTT iniciaram já os procedimentos adequados a esta situação. O cumprimento dos contratos que temos com todos os nossos clientes é da máxima importância para os CTT, que têm todo o interesse em apurar o que poderá ter acontecido neste caso"", acrescenta.

As eleições autárquicas realizam-se no próximo domingo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon