Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: BE/Gondomar exige "vontade política" para a área da ação social

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

O candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Gondomar, Rui Nóvoa, exigiu hoje "mais vontade política" para "responder a questões sociais urgentes" ligadas às crianças e aos idosos.

"Os serviços públicos, nomeadamente a Câmara Municipal, têm obrigações na área da ação social. Tem de haver vontade política porque as políticas sociais são possíveis e não há grande dificuldade em concretizá-las", disse à agência Lusa o candidato.

Rui Nóvoa apontou como prioridades na ação social "o apoio efetivo e bem estruturado em relação à terceira idade e a criação de mais espaços para crianças", considerando que Gondomar "carece muito de mais jardins de infância, creches e berçários", uma vez que, disse, "os existentes são reduzidos face às necessidades".

"Temos de impedir a violência de crianças de tenra idade todos os dias terem de se deslocar para áreas muito distantes do local onde residem", apontou o cabeça de lista do BE a Gondomar, distrito do Porto.

A candidatura que usa como 'slogan' "Mais força para Gondomar" quer criar "espaços de maior proximidade" para os mais jovens, com horários adaptados às necessidades dos pais de forma a "criar alternativas para que as pessoas possam exercer a sua atividade profissional como meio de subsistência e tenham onde deixar as crianças sem preocupações".

Além de uma rede educativa para a infância "mais adequada", o partido defende a implementação de "políticas positiva para fazer face aos problemas dos idosos"

"Rejeitamos soluções que passam por 'encaixotar' os mais velhos em determinados espaços. Assistimos ao isolamento das pessoas e à transferência das pessoas para fora do seu espaço, desenquadrados e abandonados. Também para os seniores defendemos uma política de proximidade para manter o idoso no seu espaço, onde sempre viveu, junto dos seus familiares e vizinhos", disse Rui Nóvoa.

Assim, o candidato pretende ver criada uma rede de cuidados e apoios, sugerindo a criação de uma bolsa de pessoas com competências e vocação para tratar e acompanhar as pessoas idosas.

"Isto só é possível com políticas concretas. Só é possível com vontade política. Só é possível se quem gere tiver coragem de olhar para a ação social e para estas prioridades", concluiu.

São candidatos a Gondomar, a 01 de outubro, o atual presidente da Câmara Marco Martins (PS), Rafael Amorim (PSD/CDS-PP), Valentim Loureiro (independente), Daniel Vieira (CDU) e Rui Nóvoa (BE).

O executivo de Gondomar é composto por sete eleitos pelo PS, três eleitos pelo PSD/CDS-PP (um dos quais se tornou independente durante o mandato) e um eleito da CDU.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon