Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: BE/Porto denuncia venda em que a Câmara ainda vai ter de pagar renda

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/09/2017 Administrator

A candidatura do BE à Câmara do Porto reuniu-se no antigo Abrigos dos Pequeninos, para denunciar um "equipamento municipal abandonado" que a autarquia quer "vender para depois pagar uma renda mensal de sete mil euros" aos novos proprietários.

João Teixeira Lopes, em declarações à Lusa, revelou que o equipamento construído durante o Estado Novo e que "durante muito tempo serviu como local de institucionalização de menores está desde há um ano à venda por 1,5 milhões de euros".

"A câmara não só quer vender o edifício como depois vai pagar aos privados a quem vender, uma renda mensal de sete mil euros. O que é um absurdo", acusou o cabeça de lista bloquista.

Considerando tratar-se de "um equipamento com imensas potencialidades, que poderia ser um centro de dia, creche ou casa da criança", afirmou que a opção de venda contraria o que o BE quer para a cidade.

"Reunimos aqui em assembleia popular para conversar, estimular as pessoas a apresentarem propostas e dizer que equipamentos de proximidade como este têm de ser recuperados numa cidade que tem tão poucos equipamentos, espaços a céu aberto e onde não há creches públicas", relatou.

O candidato manifestou-se contra o apelo ao voto útil nas eleições de 01 de outubro na autarquia portuense alegando que se "tivesse havido voto útil nas últimas eleições legislativas não havia geringonça, não havia a força que o BE hoje tem e que permitiu puxar pela redistribuição de rendimentos, aumento das pensões, devolução de salários e reversão das privatizações".

À entrada para a última semana de campanha, João Teixeira Lopes afirmou que, até final, irá assistir-se a uma "polarização altamente artificial" com "muitos media e os candidatos Manuel Pizarro e Rui Moreira numa tentativa de distinção artificial pois eles, no essencial, têm os mesmos programas".

Afirmando-se com "muita confiança" justificou-o por "uma receção dos eleitores à mensagem muito mais expressiva, entusiasmada e atenta", num cenário assente no que se "passa a nível nacional e a forma como as pessoas reconhecem no BE uma força política capaz de estabelecer compromissos, consensos e, no concreto, mudar-lhes a vida".

São candidatos à Câmara do Porto o independente Rui Moreira, apoiado pelo CDS-PP e MPT, o socialista Manuel Pizarro, Álvaro Almeida, pela coligação PSD/PPM, Ilda Figueiredo, da CDU, João Teixeira Lopes, do BE, Bebiana Cunha, do PAN, Costa Pereira, do PTP, Sandra Martins, do PNR e Orlando Cruz, do PPV/CDC.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon