Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Bloco de Esquerda indica Eva Coelho para candidatura em Penafiel

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Administrator

A militante do Bloco de Esquerda (BE) Eva Coelho, de 32 anos, anunciou hoje que vai ser candidata por aquele partido à Câmara de Penafiel, nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Eva Coelho milita do BE há cinco anos e profissionalmente desempenha funções como técnica administrativa.

Numa declaração escrita enviada à Lusa, a candidata refere: "O Bloco de Esquerda tem apresentado candidaturas nas eleições para as autarquias locais no concelho de Penafiel desde há doze anos e este ano voltaremos a estar presentes".

Para Eva Coelho, "o concelho de Penafiel continua a apresentar problemas sociais graves a que a câmara municipal pode e deve dar resposta mais efetiva", destacando haver "sérias assimetrias territoriais, dentro do próprio concelho, a que os sucessivos executivos camarários não souberam dar resposta".

Transportes, mobilidade, saneamento e ambiente são outras matérias que, acrescenta, "necessitam de soluções que a Câmara de Penafiel não tem sabido ultrapassar".

A candidata conclui com uma nota mais pessoal: "Sou uma pessoa simples, com vontade de ajudar os outros, solidária, com apurado sentido de justiça e, ao mesmo tempo, combativa e com vontade de fazer da minha terra um local mais justo, ambientalmente sustentável, vivo, dinâmico e aprazível para se viver".

Além do anúncio da candidatura do BE, o atual presidente da Câmara, Antonino Sousa, também já anunciou a sua recandidatura a um segundo mandato, pela coligação PSD/CDS.

O primeiro vereador do PS, o advogado André Ferreira, também se recandidata à presidência da autarquia.

O ex-candidato presidencial Vitorino Silva, conhecido como "Tino de Rans", liderará uma candidatura independente à Câmara.

O ex-deputado na Assembleia da República do PSD, Mário Magalhães, também já anunciou que será candidato, como independente, à presidência daquela autarquia, na qual já desempenhou funções de vereador.

A coligação PSD/CDS governa o concelho com maioria absoluta há quatro mandatos consecutivos, os três primeiros com Alberto Santos e o atual com Antonino Sousa.

Nas autárquicas de 2013, a coligação renovou a maioria, elegendo cinco representantes, mas perdeu um vereador para os socialistas, que conquistaram quatro assentos no executivo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon