Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Bloco diz que Aveiro está no top das câmaras que mais impostos cobram

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/07/2017 Administrator

O candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Aveiro, Nelson Peralta, disse hoje que o município "está no top das câmaras que mais impostos cobram e que mais aumentaram os impostos", defendendo que é necessário uma mudança.

"Esta política, que é um tempo velho de privatizações de transportes públicos e de aumento dos impostos, foi um filme que as pessoas já viram e já estão cansadas. Querem obviamente uma nova política, como a que se inaugurou no país", disse o bloquista.

Nelson Peralta falava à porta do Tribunal de Aveiro, onde o partido entregou hoje as listas para a Câmara, Assembleia Municipal e as dez assembleias de freguesia, sendo esta a primeira vez que os bloquistas concorrem a todos os órgãos autárquicos no concelho.

O bloquista acusou o atual presidente da Câmara e recandidato pela coligação PSD/CDS/PPM, Ribau Esteves, de fazer um "esbulho fiscal" sobre os aveirenses, defendendo que, tal como aconteceu no país, "é também tempo de virar a página da austeridade no concelho".

O cabeça de lista do Bloco assumiu como objetivo nas eleições autárquicas de 01 de outubro reforçar a votação do partido em todos os órgãos autárquicos e eleger vereadores para poder "rasgar" a maioria absoluta de direita.

"Consideramos que é essencial eleger em todas as assembleias de freguesia e na Assembleia Municipal, alargando de um para vários elementos. E é também essencial a eleição de vereadores do Bloco de Esquerda, para que não haja maioria absoluta nas próximas eleições", disse Nelson Peralta.

Atualmente, os bloquistas têm um eleito na Assembleia Municipal e outro na União de Freguesias da Glória e Vera-Cruz.

O candidato referiu ainda que o facto de terem sido a primeira candidatura a entregar as suas listas no tribunal, significa que o partido tem "força, uma capacidade de organização bastante grande e um enorme apoio e influência social".

Segundo Nelson Peralta, as listas do Bloco são constituídas por 200 cidadãos de várias idades e são paritárias, com 52% de mulheres.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon