Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidata da CDU a Viana do Castelo tem municipalização da água como prioridade

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

A candidata da CDU à Câmara de Viana do Castelo disse hoje que, caso vença as eleições autárquicas de 01 de outubro, irá "lutar" pela remunicipalização do serviço de abastecimento de água e saneamento básico do concelho.

"Vamos lutar pela regressão da concessão da água à administração e tutela municipal voltando a municipalizar a gestão das redes de captação e distribuição de água e saneamento, para que a população pague tarifas mais justas e menos onerosas", afirmou Cláudia Marinho, em nota hoje enviada à agência Lusa.

Em causa está a integração da empresa Águas do Noroeste na sociedade Águas do Norte, onde estão integrados os dez concelhos do Alto Minho, aprovada pela Câmara de Viana do Castelo em junho de 2015 no âmbito da reforma do setor das águas.

No norte do país foram agregados quatro sistemas multimunicipais de abastecimento de água e saneamento e fundiram-se quatro entidades gestoras, entre elas a Águas do Noroeste, constituindo-se a sociedade Águas do Norte, SA, com sede em Vila Real.

A candidata comunista defendeu a necessidade de "dinamização da atividade económica, social e cultural do concelho através de projetos inovadores que criem emprego, valorizem a produção e o património, dinamizem o comércio e o turismo".

A "abertura, definitiva do parque ecológico urbano da cidade ao público, a criação de um pelouro específico, de um conselho municipal e de uma casa municipal da Juventude" são outras das propostas destacadas pela candidata de 42 anos.

Cláudia Marinho que, desde fevereiro, substituiu Ilda Figueiredo na Câmara de Viana do Castelo, apontou ainda como "prioridades" o apoio "ao arrendamento, a criação de um programa municipal de habitação integrada, inclusiva e solidária, que promova a cidadania".

A criação de ciclovias ou de vias destinadas e adaptadas para o uso da bicicleta, ligando o centro da cidade às suas áreas mais urbanas, a construção de uma travessia pedonal sobre o Rio Lima, a jusante da Ponte Eiffel, que se insira no prolongamento da ligação do percurso pedestre entre os concelhos de Caminha e Esposende, recuperando a antiga travessia da ponte pedonal de Viana do Castelo", são outras das medidas que preconiza para a capital do Alto Minho.

Na corrida autárquica concorrem às eleições de 01 de outubro o atual presidente da câmara e socialista José Maria Costa, Hermenegildo Costa pelo PSD, Ilda Araújo Novo pela coligação CDS/PPM, Cláudia Marinho pela CDU, Luís Louro pelo Bloco de Esquerda (BE) e Filipe Costa pelo Partido Democrático Republicano (PDR).

O atual executivo, é composto por cinco elementos do PS, três do PSD e um da CDU.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon