Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidata do PS quer espaços públicos de Matosinhos adaptados aos deficientes

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

A cabeça de lista do PS à Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, anunciou melhorias para os cidadãos portadores de deficiência no acesso aos edifícios públicos do concelho caso ganhe as eleições agendadas para 01 de outubro.

Em declarações à margem da apresentação do seu programa eleitoral, a candidata socialista explicou por que razão uma câmara que sempre foi governada pelo PS continua com esse problema por resolver no concelho.

"Matosinhos não é uma ilha. Portugal, durante muitos anos, não esteve tão atento como devia ao contrário de outros países e nós não o fizemos", afirmou Luísa Salgueiro, lembrando que apesar de há muitos anos Matosinhos "ter ganho a bandeira dourada da mobilidade e ter feito uma obra para além daquilo que era a média nacional", não fez ainda o suficiente nessa matéria.

Avançando que haverá "zonas delimitadas para serem acessíveis", elencou entre os serviços públicos, "aqueles que têm mais procura pela população, como as repartições de finanças, escolas e tribunais", como os primeiros onde haverá intervenção.

"Há um perímetro em torno dos paços do concelho que já está sinalizado em termos de rebaixamento do passeio e de sinalização acústica e de semaforização que está feita, agora só é preciso avançar", acrescentou.

Afirmando que a sua luta é para que "Matosinhos continue a ser um concelho fantástico", a candidata faz da "atração do investimento económico, da criação de bons e mais postos de trabalho e de um concelho inclusivo, que não deixe ninguém para trás, desde as crianças aos mais velhos" as suas apostas para o mandato ao qual se candidata.

"Sou a única candidata socialista", reafirmou Luísa Salgueiro, que não se mostrou preocupada pela eventual dispersão de votos socialistas por Narciso Miranda e António Parada, dois outros candidatos que já pertenceram à família socialista.

"Compete-nos explicar às pessoas quem somos para que não haja dispersão de votos", disse Luísa Salgueiro, para quem Narciso Miranda "representa o passado" enquanto a sua candidatura "é o futuro de Matosinhos".

São candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, Luísa Salgueiro (PS), Jorge Magalhães (PSD), José Pedro Rodrigues (CDU), Ferreira dos Santos (BE), Filipe Cayolla (PAN), Narciso Miranda (independente) e António Parada (independente com apoio do CDS-PP).

O executivo da Câmara de Matosinhos é composto por seis elementos do Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos, dois do PS, um do PSD, um da CDU (com pelouro atribuído por Guilherme Pinto) e um independente.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon