Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato da CDU à Câmara de Matosinhos quer regresso da linha do elétrico à cidade

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

O candidato da CDU à Câmara Municipal de Matosinhos, José Pedro Rodrigues, garantiu hoje que vai lutar pelo restabelecimento da linha do elétrico entre o Porto e Matosinhos.

O cabeça de lista da CDU para autarquia matosinhense, que no mandato que está agora a terminar teve funções de vereador com o pelouro dos Transportes e Mobilidade na Câmara Municipal local, considerou que "o desaparecimento do elétrico em 1992 foi o prenúncio para a degradação do centro de Matosinhos".

"Achamos que é importante que [o elétrico] regresse, mesmo com uma função diferente, associada ao turismo, que potencie a nossa oferta ligada ao mar, à restauração e à identidade da cidade", disse hoje José Pedro Rodrigues, numa ação de campanha em Leça da Palmeira.

O representante do PCP/PEV lembrou o grande fluxo turístico à cidade do Porto para dizer que "400 mil pessoas podem vir até Matosinhos, conhecer as ruas da cidade e encher as ruas", vincando que tal teria um efeito dinamizador em várias áreas.

Ainda no âmbito da ação feita hoje em Leça da Palmeira, numa rua com vários estabelecimentos de comércio tradicional, o candidato da CDU vincou que não estará disponível para "alimentar a multiplicação de superfícies comerciais sem ser feito um investimento sério e organizado nos centros das comunidades".

"Precisamos de resolver os problemas de transportes e mobilidade, dar mais soluções às comunidades mais afastadas dos centros, mas, sobretudo, organizar melhor o território, criar emprego com direitos e atrair a fixação de empresas", completou José Pedro Rodrigues.

Sobre a rivalidade entre três outros candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos com atuais e antigas ligações ao PS - Luísa Salgueiro, Narciso Miranda e António Parada - o candidato da CDU considerou que tal "tem retirado tempo à discussão dos problemas reais que afetam as pessoas".

"Essa Rivalidade é prejudicial quando centra o debate no que não interessa aos matosinhenses, nomeadamente numa discussão de egos. Nós daremos sempre um contributo para ultrapassar esses problemas, confusões e rivalidades, que têm contribuído para abstenção a afastamento das pessoas da vida política", concluiu.

Além de José Pedro Rodrigues, são candidatos à Câmara de Matosinhos, Narciso Miranda, ex-presidente da autarquia eleito pelo PS que agora concorre como independente, bem como António Parada, ex-presidente da Junta de Matosinhos, também eleito pelo PS, e que em 2013 concorreu exatamente por este partido, sendo que nas próximas eleições concorre como independente, contando com o apoio do CDS-PP, além Luísa Salgueiro, a atual candidata do PS.

Somam-se as candidaturas de Jorge Magalhães (PSD), Ferreira dos Santos (Bloco de Esquerda) e Filipe Cayolla (PAN).

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon