Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato da CDU a Évora promete investimento com "contas saudáveis"

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

O candidato da CDU ao município de Évora, Carlos Pinto de Sá, prometeu hoje "investimento estruturante" no próximo mandato autárquico, depois de os comunistas terem "retirado a câmara da falência e da ruína", nos últimos quatro anos. Carlos Pinto de Sá, que "roubou" Évora aos socialistas em 2013, falava à agência Lusa durante uma ação de distribuição de documentos no centro histórico da cidade, no arranque da campanha eleitoral para as autárquicas ...

O candidato da CDU ao município de Évora, Carlos Pinto de Sá, prometeu hoje "investimento estruturante" no próximo mandato autárquico, depois de os comunistas terem "retirado a câmara da falência e da ruína", nos últimos quatro anos.

Carlos Pinto de Sá, que "roubou" Évora aos socialistas em 2013, falava à agência Lusa durante uma ação de distribuição de documentos no centro histórico da cidade, no arranque da campanha eleitoral para as autárquicas de 01 de outubro.

"Vimos de um mandato muito difícil, em que a situação de descalabro económico e financeiro do município condicionou de forma terrível", disse o candidato, sempre acompanhado pelo antigo autarca comunista Abílio Fernandes, de 79 anos, que liderou o município entre 1976 e 2001.

Segundo Carlos Pinto de Sá, a gestão CDU, nos últimos quatro anos, "conseguiu retirar a câmara da falência e da ruína em que a encontrou".

"Temos as contas saudáveis, contas que permitem perspetivar um mandato que possa iniciar investimento estruturante", afirmou.

Quanto ao próximo "investimento estruturante", o cabeça de lista da CDU destacou a revitalização do centro histórico, classificado, pela UNESCO, como Património Mundial, para a qual há "dinheiro já contratado", num total de 15 milhões de euros.

A par de prometer "continuar o processo de redinamização e reconsideração do centro histórico, que é o coração da cidade", o candidato apontou a aposta no setor turístico, que "está a crescer 20 por cento ao ano", e a requalificação do Teatro Garcia de Resende, Palácio D. Manuel e do Salão Central Eborense.

Carlos Pinto de Sá assinalou, por outro lado, que o município está em negociações com "um conjunto de empresas" para se instalarem em Évora, depois de, nos últimos quatro anos, ter "conseguido mais de 200 milhões de euros de investimento, a criação de 1.000 postos e trabalho e a redução do desemprego a 5 pontos percentuais".

Durante a iniciativa de campanha, hoje de manhã, o candidato percorreu várias ruas do centro histórico, com passagem pela Praça do Giraldo, onde distribuiu folhetos da CDU e entrou em muitas lojas, acompanhado pelo antigo autarca Abílio Fernandes.

"Estou muito bem acompanhado", repetia Abílio Fernandes, apresentando Carlos Pinto de Sá, às pessoas que o cumprimentavam, a maioria idosas, e que manifestavam alguma surpresa por o encontrar.

Além Carlos Pinto de Sá (CDU), concorrem à Câmara de Évora, nestas eleições autárquicas, Pedro D'Orey Manoel (CDS-PP/MPT/PPM), Elsa Teigão (PS), António Costa da Silva (PSD), Maria Helena Figueiredo (BE) e André Sapage (PAN).

No atual mandato, o executivo municipal é composto por quatro eleitos da CDU, dois do PS e um da coligação PSD/CDS-PP.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon