Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato da CDU em Matosinhos quer construir Museu do Mar

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/09/2017 Administrator

O candidato da CDU à Câmara Municipal de Matosinhos, José Pedro Rodrigues, quer construir um Museu do Mar para que a história do concelho, desde sempre ligada ao mar e à pesca, não se perca.

"Faz sentido insistir neste Museu do Mar, que seja também da pesca e da indústria conserveira, que seja um museu de vida e de futuro e não um museu que enterre um passado em prateleiras. O nosso futuro está no mar, a nossa história prova-o", disse hoje à Lusa.

José Pedro Rodrigues sublinhou que esta iniciativa retoma uma proposta que a CDU tinha apresentado, entre 1982 e 1985, por intermédio do então vereador Valdemar Madureira. Apesar de, na altura, ter sido aprovada por unanimidade, nunca foi concretizada.

"Talvez porque houvesse quem, sem coragem para o admitir em público, secretamente achasse que a vida no mar era coisa do passado", afirmou.

Estes 30 anos mostram que a razão está do lado da CDU, considerou o candidato, sublinhando que o futuro de Matosinhos aponta, não só, mas também, para o mar e para a pesca, sendo importante contar esta história num espaço museológico.

"A CDU sempre se bateu contra a destruição das pescas e as imposições comunitárias de desmantelamento da nossa frota, sempre se bateu pelo Portinho de Angeiras, sem dúvidas nem hesitações, sempre se bateu por melhores condições de trabalho e remuneratórias para quem vive da pesca, sempre se bateu pela manutenção das indústrias conserveiras na cidade, como parte da nossa vida, orgulhosos dessa ligação ao mar", frisou.

O candidato lembrou que a CDU sempre se bateu pela preservação da arquitetura industrial que sobrou dos encerramentos das empresas que, durante décadas, foram o quotidiano de Matosinhos e foram desaparecendo ao ritmo da desindustrialização que custou empregos e qualidade de vida.

Nesta matéria, José Pedro Rodrigues sustentou que é preciso uma nova política de valorização dos recursos e das atividades piscatórias, frisando que no mandato que agora termina a CDU foi, na Assembleia Municipal de Matosinhos, a "voz" em defesa dos trabalhadores da pesca da sardinha, tendo proposto solidariedade e exigido soluções para o setor.

"A pesca da sardinha significa um terço do valor anual de pescado em Matosinhos, totalizando sete dos 24 milhões de euros. O setor enfrenta um momento particularmente dramático, tendo entre 2011 e 2015 o número de pescadores diminuído em 20%", salientou o também vereador dos Transportes e da Mobilidade.

Na sua opinião, é fundamental uma atenção prioritária a este setor como elemento integrante de uma política que defenda a soberania nacional e a valorização do trabalho e dos recursos naturais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon