Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do BE a Aveiro defende menos impostos e mais serviço social

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/09/2017 Administrator

O candidato do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara Municipal de Aveiro, Nelson Peralta, defendeu hoje menos impostos e mais serviço e ação social, na apresentação do seu programa eleitoral, feito "através do contacto direto com a população".

"Consideramos que um programa para Aveiro não deve ser feito num corredor fechado, deve ser partilhado com a população. Não é um simples programa eleitoral, é um programa de governo, porque o BE está preparado para assumir todas as responsabilidades que a população nos queria confiar", afirmou o biólogo de 35 anos, que procura a eleição de um vereador "para acabar com qualquer maioria absoluta".

Nelson Peralta, membro dos bloquistas há 17 anos, fez também críticas à gestão de Ribau Esteves, atual presidente da autarquia, acusando o também candidato do PSD de sufocar a democracia e de "colocar uma mordaça sobre um conjunto de fatores democráticos".

"Queremos um orçamento participativo de verdade, não um de mentira como fez Ribau Esteves [atual presidente da câmara], que o cancelou nestes quatro anos e que agora usa como promessa para os próximos quatro", explanou.

As medidas "mais substantivas" do programa eleitoral, passam pela "imperativa" baixa de impostos, o retorno dos transportes públicos para a cidade, "medidas de não fazer" que é o caso da não construção do parque de estacionamento do Rossio, que segundo Nelson Peralta, "é totalmente desnecessário" e quer aproveitar esse dinheiro para "coisas úteis para a sociedade".

"Nomeadamente para que Aveiro possa voltar a ter piscinas públicas. Queremos também um serviço de ação social da Câmara Municipal de Aveiro, que não existe. Também constituir alguns direitos sociais, nomeadamente a tarifa social da água, que abrangeria quatro mil famílias. Acima de tudo queremos mais serviço público", continuou.

Também a habitação social é um ponto importante na candidatura do BE, propondo a criação de "rendas a custos controlados que permitam às pessoas ter acesso a habitação" em qualquer sítio da cidade, abordando ainda as contas municipais.

"A câmara tem um lucro de 17 milhões de euros que vai todo para pagar a dívida, e ao mesmo tempo que estão a pagar uma divida financeira, estão a constituir uma divida social para com os aveirenses. A câmara não pode, de ano a ano, aumentar os impostos, exigir mais esforços, para lhes dar cada vez menos serviços públicos e menos ação social. O que temos neste momento é o pior dos mundos: mais impostos, menos serviços, menos direitos", finalizou.

Os candidatos à Câmara de Aveiro são Nelson Peralta (BE), o atual presidente Ribau Esteves (PSD/CDS-PP/PPM), Manuel Oliveira de Sousa (PS), Miguel Viegas (CDU) e Jorge Morais (PAN).

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon