Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do LIVRE em Foz Côa quer aproximar pessoas

Logótipo de O Jogo O Jogo 30/08/2017 Administrator

O partido LIVRE candidata à Câmara de Foz Côa Maurício Lebreiro, um gestor reformado de 68 anos, que se declarou hoje empenhado em aproximar as pessoas, em detrimento das cores políticas que apoiam as candidaturas.

"Não se justifica que numa pequena aldeia haja três ou quatro listas aos órgãos autárquicos, numa altura em que é visível o despovoamento do interior, o que coloca as famílias e os amigos uns contra os outros", disse à Lusa o candidato do LIVRE.

O candidato adiantou que tomou a iniciativa de escrever a todos os partidos que, por norma, se candidatam aos órgãos autárquicos deste concelho do distrito da Guarda, para se fazerem listas únicas e de consenso em cada uma das freguesias, com a participação de todas as forças políticas.

"A minha candidatura é um movimento de causas e de gestão de afetos. Quem ganha a câmara faz a gestão, os que perderem nem um gabinete têm na câmara. É preciso inverter esta tendência e comigo, se for eleito, todos terão pelouros na autarquia", indicou o candidato do LIVRE.

A ação social, a economia e a cultura, serão outros dos argumentos do candidato do LIVRE para o concelho de Vila Nova de Foz Côa, tendo em vista as eleições de 01 de outubro.

Maurício Lebreiro é natural de Vila Nova de Foz Côa, formou-se em Direito pela Universidade de Coimbra (UC) dicando-se à gestão em funções públicas.

O candidato disse ter um percurso profissional ligado ao mundo académico onde foi assessor principal da UC. Foi ainda presidente da Comissão Diretiva do Estadio Universitário de Coimbra e membro da direção do Teatro Académico Gil Vicente.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon