Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do 'Loures Sim' promete legalizar todos os bairros até 2021

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

O candidato da coligação 'Loures Sim' (PDR e JPP) à Câmara de Loures, Mário Pontes, propôs-se hoje a legalizar todos os bairros de génese ilegal até 2021, criticando a "passividade" do atual executivo nesta matéria.

"Loures (distrito de Lisboa) tem um problema muito grande porque 5% da sua área está no regime de Área Urbana de Génese Ilegal. É 30% da sua população que é afetada diariamente porque estas áreas pagam IMI (Imposto Municipal sobre Imóveis) às mesmas taxas que o restante concelho e os proprietários continuam sem ter licenças de habitação ou utilização", apontou o candidato.

Em declarações à agência Lusa, Mário Pontes, que concorre pela coligação 'Loures Sim', composta pelo Partido Democrático Republicano (PDR) e pelo Juntos Pelo Povo (JPP), alertou para as carências sociais e económicas de quem habita nos bairros de génese ilegal e para a dificuldade em vender as casas.

"Os proprietários ao longo destes mais de 20 anos suportaram todos os custos e agora é lhes negado o direito de vender ou hipotecar os seus imóveis. Os investimentos em escolas, creches ou centros de saúde é quase nulo. O comércio local diminui e o desemprego aumenta", apontou.

Nesse sentido, o candidato afirmou que a autarquia de Loures "tem condições para resolver rapidamente todas estas situações, comprometendo-se, caso seja eleito, a fazê-lo até 2021.

"Vamos propor que todos estes processos passem de imediato ao regime RIC (Reconversão por Iniciativa Camarária). O mais difícil está feito e o que faltam são pormenores e vontade política", atestou.

Nas próximas eleições autárquicas, marcadas para 01 de outubro, concorrem à presidência da Câmara Municipal de Loures o atual presidente do executivo, Bernardino Soares (CDU), Sónia Paixão (PS), André Ventura (PSD/PPM), Fabian Figueiredo (BE), Pedro Pestana Bastos (CDS-PP), Ana Sofia Silva (PAN), Mário Pontes (PDR/JPP), Nélson Batista (Nós, Cidadãos!), Bruno Gomes (PTP) e João Resa (PCTP-MRPP).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon