Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do PAN à Câmara da Horta quer aumentar a produção local

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/07/2017 Administrator

O candidato do PAN -- Pessoas - Animais - Natureza à Câmara da Horta, no Faial, Açores, Hugo Rombeiro, disse hoje que se propõe reduzir a importação e "aumentar a produção local" para ajudar o ambiente e a economia.

"A prioridade é reduzirmos ao máximo a importação, aumentar a produção local, mas não para exportar. Nós queremos que se produza para a própria ilha, porque quanto mais importamos, mais aumentamos o lixo, como o plástico por exemplo", afirmou à agência Lusa Hugo Rombeiro.

Segundo o candidato às eleições autárquicas de 01 de outubro, o lixo "está, cada vez mais, a matar a vida marinha", pelo que o a estratégia é a redução da importação e, com isso, "ajudar a economia e dar bem-estar à ilha, à natureza, aos animais e às próprias pessoas".

Hugo Rombeiro, que se filiou no PAN em janeiro de 2017 e foi um dos impulsionadores da criação do partido na ilha do Faial, defende ainda a "aposta na formação" para "aumentar a produção de hortícolas e frutícolas em modo biológico".

"É necessário dar formação em diversos segmentos, à pessoa que tem uma pequena horta atrás de casa, a uma pessoa que tem um terreno maior e que produz para si mas vende alguns bens aos vizinhos, e depois aos produtores com terrenos maiores que fazem produção para os supermercados e minimercados", especificou.

O candidato do PAN à Câmara da Horta, único município da ilha do Faial, é a favor de "um ideal energético" que passa por cada casa produzir a energia que consome.

"Quando as casas começarem a produzir elas próprias alguma energia estamos a poupar na fatura da EDA [Empresa de Eletricidade dos Açores]", referiu.

Se for eleito, Hugo Rombeiro vai avançar com uma campanha de sensibilização para "acabar com o abate no canil" e com a criação de um "centro de atendimento veterinário" para animais abandonados.

"Nos Açores, existem cavalos e vacas abandonados em terrenos e, portanto, temos de ter um espaço para acolhermos esses animais e fazer um esforço para que seja alterada a legislação e esses animais sejam reencaminhados para esse centro, como acontece com os animais de companhia", adiantou o cabeça de lista.

Hugo Rombeiro preconiza, também, a "não autorização de espetáculos com animais", nomeadamente "circos e atividades que envolvam sofrimento físico ou psicológico a animais".

"O Faial não é uma ilha tradicional de touradas, se houver é uma ou duas por ano. Defendemos que não deve haver esse tipo de espetáculos e somos contra apoios ou subsídios para esse tipo de eventos", acrescentou Hugo Rombeiro, de 36 anos, assistente técnico do hospital da Horta que no passado fez parte da JSD:

Regina Santos é a candidata do PAN à Assembleia Municipal.

A Câmara da Horta é liderada pelo PS que em 2013, conquistou quatro mandatos contra três da coligação PSD/CDS/PPM.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon