Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do PDR em Gaia quer "virar as costas ao Porto e olhar para sul"

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

O candidato do Partido Democrático Republicano (PDR) à Câmara de Vila Nova de Gaia quer que o concelho "vire as costas ao Porto e se abra a sul", avançando com medidas para a economia, agricultura e turismo.

"Vivo intensamente a vida do país, sou do Porto, mas vivo em Gaia há 40 anos e sinto que Gaia é um concelho com grande importância estratégica, mas é um concelho morto do ponto de vista do seu desenvolvimento económico. Hoje, Gaia é um tampão encostado ao Porto", disse José Vieira da Cunha, em declarações à agência Lusa.

O candidato do PDR - que tem 72 anos e é consultor de comércio internacional - quer que "Gaia vire as costas ao Porto e se abra aos concelhos de São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira e Vale de Cambra", um grupo de municípios que diz ter "atividade económica importante e que pode de alguma maneira contaminar Gaia".

José Vieira da Cunha apontou que pretende reativar o tecido empresarial do concelho, atualmente liderado pelo PS, requalificando e lançando programas de dinamização dos empresários de forma a "tornar as empresas mais fortes".

O cabeça de lista do PDR quer "gerar a captação de investimentos através de vantagens fiscais", mas deixa o recado: "Não haverá baixa de impostos generalizada. Haverá facilidades através do IMI ou da Derrama a quem estiver a cumprir programas e requalificação da sua própria empresa, a admitir jovens desempregados e a dar formação aos seus funcionários", disse.

José Vieira da Cunha falou em "freguesias mortas e a perder população", considerando que Vila Nova de Gaia deve apostar num programa de agricultura de proximidade.

"Quero criar um movimento cooperativo com os donos das terras de Sandim, Olival, Avintes, Pedroso e Crestuma e outras zonas e levar as pessoas a envolverem-se num processo de produção e comercialização apoiado", adiantou o candidato.

Por fim, em matéria de turismo, José Vieira da Cunha referiu ter ouvido que Gaia recebe um milhão de turistas anualmente, mas para o candidato estes "são os turistas que chegam a pé ou de autocarro desde o Porto para beber um copo de Vinho do Porto e nem sabem que foram a Gaia".

"Não se admite que Gaia não tenha um hotel virado para o rio ou virado para o mar (...). Quero ir à Baixa do Porto e trazer os jovens para desfrutarem das 17 praias todas de bandeira azul. Quero lançar um turismo de habitação barato e até incentivar na vinda de surfistas estrangeiros, criando um lugar para deixarem as suas pranchas e podem regressar ao seu país. Quando voltarem, as pranchas estão lá guardadas à espera deles. Isto é diversificar o turismo e estende-lo pelo ano fora", descreveu.

São candidatos à Câmara de Vila Nova de Gaia o atual presidente da câmara, Eduardo Vítor Rodrigues (PS), Cancela Moura (PSD/CDS-PP), Mário David Soares (CDU), Renato Soeiro (Bloco de Esquerda), Pedro Ribeiro de Castro (PAN), Marisa Ribeiro (PTP), José Viera da Cunha (PDR) e Cristiano Ferreira da Silva (PCTP/MRPP).

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon