Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do PPM/PURP critica "desleixo" e "desmazelo" do Mercado do Funchal

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/09/2017 Administrator

O candidato da coligação Funchal Forte (PPM/PURP) à Câmara nas eleições de 01 de outubro criticou hoje a "situação de desmazelo", o "desleixo" e o "estado decrépito" das bancadas das floristas do Mercado dos Lavradores.

"O objetivo da visita ao mercado é para denunciar a situação de desmazelo e a transformação deste espaço numa espécie de bazar turco", afirmou Gil Canha numa iniciativa da campanha eleitoral naquele mercado, que é um dos locais mais emblemáticos da principal cidade da Madeira, sendo visitado pelos turistas.

O cabeça de lista, que é também deputado independente (ex-PND) no parlamento madeirense, recordou que, no passado mês de junho, denunciou o "desleixo que havia no mercado".

"Principalmente com as bancadas das floristas, que apresentam este estado decrépito que apelidamos - com o devido respeito para as senhoras que trabalham cá - de morganheira, porque basta entrar no mercado e ver as más condições em que as floristas trabalham", declarou.

Gil Canha recordou que, em abril de 2014, quando fez parte da vereação do município funchalense (governado pela coligação Mudança: PS, BE, MPT, PTP e PAN) foi feito um projeto para novos móveis para as floristas, apontando que "infelizmente a Câmara não fez nada".

O candidato censurou ainda o que classifica de "verdadeira máquina negra da mentira, que debita mentira ao segundo, à rajada", porque logo após a visita que fez este ano ao mercado, a Câmara veio anunciar um investimento de 170 mil euros na requalificação do Mercado dos Lavradores até ao verão.

"Estamos a entrar no outono e a máquina da mentira da Câmara Municipal do Funchal ainda não disse nada", sublinhou.

Gil Canha vincou que "o mercado continua igual, com os mesmos pendericalhos, com o mesmo ar de abandono", existindo várias lojas fechadas.

"Continuamos a ver o nosso mercado transformado numa espécie de loja 'gourmet' gigante e numa espécie de bazar turco em que continua tudo na mesma, apesar das promessas na comunicação social e dos grandes sorrisos para a televisão", concluiu.

São candidatos à presidência da Câmara Municipal do Funchal Rubina Leal (PSD), Rui Barreto (CDS-PP), Artur Andrade (CDU), o atual presidente, Paulo Cafôfo (PS/BE/JPP/PDR/Nós, Cidadãos!), Gil Canha (PPM/PURP), Raquel Coelho (PTP), Jorge Santos (PCTP/MRPP) e Roberto Vieira (MPT/PPV-CDC).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon