Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do PSD a Matosinhos vê a abstenção como o seu maior adversário

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/09/2017 Administrator

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Matosinhos, Jorge Magalhães, disse hoje que o seu maior adversário é a abstenção, pedindo às pessoas para irem votar a 01 de outubro.

"Estou preocupado com o facto de os matosinhenses não irem votar, é um dos nossos problemas, estamos a lutar para que não haja abstenção porque isso demonstra que as pessoas estão insatisfeitas, estão cansadas de votar para que o resultado seja sempre o mesmo", referiu à Lusa durante um contacto com a população.

O candidato salientou que é "fundamental" as pessoas irem votar para "acabar com a monocracia" no concelho, sublinhando que o PSD nunca esteve na liderança da câmara para poder demonstrar o seu valor.

"É altura de as pessoas darem oportunidades àqueles que nunca lá estiveram para mostrar que são capazes de colocar Matosinhos num nível de desenvolvimento e progresso", frisou.

Dizendo que "basta sempre do mesmo", Jorge Magalhães ressalvou que Matosinhos está parado, perdeu identidade e poder perante a Área Metropolitana do Porto, sendo o momento de mudar de rumo.

"As pessoas mostram ter perdido autoconfiança, mostram estar tristes e amarguradas e com vontade de mudar, mas têm medo não sei porquê", afirmou.

Por esse motivo, o social-democrata garantiu que o "voto útil" é no PSD para que o voto não recaia nas três "candidaturas da ala socialistas", nomeadamente de Luísa Salgueiro (PS), Narciso Miranda (independente e ex-PS) e António Parada (independente e ex-PS) ou na CDU que, durante este mandato, teve a responsabilidade do trânsito e criou o "caos".

"Quem quiser que a redução do IMI e a descida da parte do IRS que fica para os cofres do município sejam uma realidade para não termos um município com os cofres cada vez mais cheios e os matosinhenses com os bolsos cada vez mais vazios, só tem um voto possível, o voto no PSD", asseverou Jorge Magalhães.

São candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, Luísa Salgueiro (PS), Jorge Magalhães (PSD), José Pedro Rodrigues (CDU), Ferreira dos Santos (BE), Filipe Cayolla (PAN), Narciso Miranda (independente) e António Parada (independente com apoio do CDS-PP).

O executivo da Câmara de Matosinhos é composto por seis elementos do Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos, dois do PS, um do PSD, um da CDU (com pelouro atribuído por Guilherme Pinto) e um independente.

As eleições autárquicas estão agendadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon