Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidato do PSD na Guarda promete centro para microempresas

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

O candidato do PSD à Câmara da Guarda, Álvaro Amaro, prometeu hoje que criará um Centro Empresarial para microempresas nos pisos superiores do Mercado Municipal, para apoiar quem inicia ou reinicia a sua atividade profissional.

O candidato do PSD, que falava à agência Lusa à margem de um comício realizado no bairro da Luz, na cidade da Guarda, disse que o projeto do Centro Empresarial de Startup's permitirá a instalação de microempresas.

"Nós conseguimos conciliar estas três vertentes: o Mercado [Municipal], as microempresas e a requalificação da própria rua", sublinhou, acrescentando que o projeto permitirá dar "mais oportunidades" aos jovens, "para além daquilo que já hoje existe no próprio Instituto Politécnico".

A autarquia também vai criar o prémio do empreendedor que "foi trabalhado" para criar estímulos, para que "haja mais empresas" na Guarda.

Por outro lado, disse que o projeto do Centro Empresarial de Startup's permitirá "ajudar que jovens se possam fixar" na cidade mais alta do país e a gerarem "mais emprego e mais riqueza para a Guarda".

No programa eleitoral da candidatura do PSD é referido que a futura incubadora de empresas permitirá a criação de "novas oportunidades para que todos possam ter as condições necessárias para poderem dar início ou reinício à sua vida profissional, podendo passar das ideias à prática".

No discurso proferido na ação de campanha, Álvaro Amaro falou do setor empresarial, referindo que nos últimos quatro anos a autarquia que lidera vendeu 51 lotes de terreno na Plataforma Logística da Guarda, após ter reduzido o preço do metro quadrado e procedido à limpeza do espaço que "só tinha giestas".

"Vamos definir o maior programa de promoção do emprego, como está no nosso programa eleitoral", também apontou na sua intervenção.

O candidato do PSD disse ainda que nas eleições do dia 01 de outubro quer ter "nota máxima".

"Se eu puder ter 20 neste exame eu não posso ter 19. Eu trabalho para a nota máxima, mas quem dá a nota é cada um de vós", disse, dirigindo-se aos que o escutavam.

Além de Álvaro Amaro, apresentam-se como candidatos à Câmara da Guarda Eduardo Brito (PS), Carlos Adaixo (CDS-PP/MPT/PPM), Jorge Mendes (BE) e Carlos Canhoto (CDU).

O atual executivo municipal é composto por cinco eleitos do PSD/CDS-PP e dois do PS.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon