Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Candidatura do PAN a Évora realça importância da indústria nos meios rurais

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/09/2017 Administrator

A candidatura do PAN (Pessoas-Animais-Natureza) à Câmara de Évora destacou hoje o contributo de grandes unidades industriais situadas no interior, como o Alentejo, para a fixação de população e para contrariar o abandono dos meios rurais.

"A importância é total porque permite a fixação das pessoas em Évora e no concelho, sobretudo nos arredores", disse à agência Lusa Ana Luísa Sousa, a número dois da lista do partido PAN ao município de Évora, nas autárquicas do próximo domingo.

A existência deste tipo de empresas num concelho do interior como Évora é relevante, segundo o PAN: "Estas empresas dão trabalho às pessoas que vivem nos arredores e permitem que elas se fixem lá e não abandonem as terras", contribuindo, por isso, para evitar que o interior fique "ainda mais abandonado".

Ana Luísa Sousa falava à Lusa antes de, acompanhada por outros elementos da candidatura encabeçada por André Sapage, distribuir documentos com as propostas do partido à porta da Tyco Electronics, uma das principais unidades fabris de Évora.

Com esta ação de campanha, explicou, o PAN quer perceber "a dimensão da empresa", que é "muito antiga e dá trabalho a muitas pessoas", dar a conhecer as suas propostas aos trabalhadores da fábrica e ficar a conhecer "eventuais problemas que tenham, quer laborais, quer dos seus locais de residência".

O PAN pretende "dar atenção a todos os munícipes, de Évora ou dos arredores" e, relativamente a estas empresas, sobretudo no caso da Tyco, que "tem famílias lá dentro, é pai e mãe e, às vezes, até os filhos" a trabalharem na fábrica, "é importantíssimo perceber eventuais necessidades e dificuldades", frisou Ana Luísa Sousa.

"Importa-nos ouvir alguns dos trabalhadores" sobre "algumas questões laborais que tenham e que gostariam de ver resolvidas" e "outras também em relação aos locais onde vivem, sem ser em Évora, também nas freguesias rurais", sublinhou.

O partido Pessoas-Animais-Natureza concorre, pela primeira vez, ao município de Évora, com uma lista encabeçada pelo terapeuta manual André Sapage, de 32 anos.

Além de André Sapage (PAN), concorrem à Câmara de Évora o atual presidente do município, Carlos Pinto de Sá (CDU), Elsa Teigão (PS), António Costa da Silva (PSD), Pedro D'Orey Manoel (CDS-PP/MPT/PPM) e Maria Helena Figueiredo (BE).

No atual mandato, o executivo municipal é composto por quatro eleitos da CDU, dois do PS e um da coligação PSD/CDS-PP.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon