Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Carlos Teixeira esgrime experiência autárquica para conquistar votos em Lisboa

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/09/2017 Administrator

O candidato independente da coligação PDR e Juntos pelo Povo (JPP) à Câmara de Lisboa, Carlos Teixeira, esgrimiu hoje o seu legado autárquico para 'angariar' votos, numa visita à Freguesia dos Olivais.

"Os lisboetas, se quiserem votar em alguém com experiência autárquica, votam 'Lisboa Sim'. Sou o único candidato que tem provas dadas. Fui funcionário municipal, fui presidente de junta, fui presidente de câmara 12 anos. Herdei uma câmara que era a segunda mais endividada do país e, quando saio, 11 anos e tal depois, deixei uma identidade diferente, como aquele senhor referiu", salientou o candidato, que presidiu à Câmara de Loures entre 2001 e 2013.

Carlos Teixeira tinha ouvido elogios, instantes antes, na visita a um café junto do Centro Comercial dos Olivais, com o residente naquela freguesia a enaltecer o legado que deixou na autarquia vizinha.

"De todos os candidatos, o único que tem experiência e que está disponível para exercer o mandato a tempo inteiro sou eu, tirando o Fernando Medina, que como presidente está a ocupar e vai pela primeira vez a eleições. Ele tem dois anos de presidência de câmara, eu estive 12 anos à frente da quinta maior câmara do país", insistiu.

A vasta carreira autárquica deu-lhe tarimba para ações de rua. Depois de distribuir panfletos, canetas e cumprimentos no ponto de encontro dos apoiantes do 'Lisboa Sim', e de esclarecer que o seu é o único movimento realmente independente -- "Isto é tudo gente independente, só eu é que fui político" -, entrou no carro, para seguir, de bandeira na mão, rumo ao Mercado na Encarnação.

"Vamos votar nestes, o Medina que se lixe", ouviu à chegada ao local, primeiro ponto da rota dos mercados dos Olivais que realizou esta manhã.

Demonstrando estar como peixe na água, entrou no barbeiro, num café e no cabeleireiro, onde colou o autocolante da sua campanha junto ao cartaz de Rute Lima, candidata socialista à Junta de Freguesia dos Olivais, diante o olhar de senhoras de toalha enrolada na cabeça.

O cabeça de lista da coligação PDR e Juntos pelo Povo (JPP) alertou para o facto de os outros candidatos serem uma "fraude", uma vez que não estão disponíveis para estar a tempo inteiro na autarquia.

Nas eleições de 01 de outubro concorrem à presidência da Câmara de Lisboa Assunção Cristas (CDS-PP/MPT/PPM), João Ferreira (CDU), Ricardo Robles (BE), Teresa Leal Coelho (PSD), o atual presidente, Fernando Medina (PS), Inês Sousa Real (PAN), Joana Amaral Dias (Nós, Cidadãos!), Carlos Teixeira (PDR/JPP), António Arruda (PURP), José Pinto-Coelho (PNR), Amândio Madaleno (PTP) e Luís Júdice (PCTP-MRPP).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon