Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Cartaz de candidato impede abertura de urnas na Maia

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/10/2017 Administrator

As urnas instaladas numa escola na urbanização de Lidador, na Maia, não abriram por estar ainda colocado junto à entrada um cartaz de um candidato, disseram hoje agência Lusa fontes no local.

João Lopes, delegado da mesa de voto, contactou a Lusa para informar que foram chamados os bombeiros para retirar o cartaz.

A Lusa contactou os bombeiros da Maia, tendo recebido a informação de que o caso foi transmitido à GNR, por não se tratar de uma competência dos bombeiros.

A GNR da Maia, por sua, vez disse também à Lusa que não era sua atribuição, mas da Comissão Nacional de Eleições (CNE) a retirada dos cartazes.

Pelas 08:30, as urnas ainda não estavam abertas, devido a esta situação, segundo a mesma fonte, que tinha contactado com o presidente da Junta de Freguesia de Vila Nova da Telha.

Segundo o porta-voz da CNE, João Tiago Machado, contactado pela Lusa, nas eleições autárquicas qualquer presidente de mesa tem competência para requerer serviços para retirar cartazes, seja dos bombeiros ou da GNR.

O início da votação também se atrasou 50 minutos na Escola Básica de Gens (Gondomar), porque "estava fechada a cadeado", segundo avançou à Lusa fonte das relações públicas da GNR do Porto, acrescentando desconhecer os motivos para o encerramento.

O processo de votação começou pelas 08:50 e decorre agora com normalidade.

As urnas para as eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira para a escolha dos dirigentes dos municípios e das freguesias para os próximos quatro anos. Nos Açores, abrem e fecham uma hora depois, devido à diferença horária.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon