Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Catarina Martins chocada com silêncio dos municípios perante destruição de serviços

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/09/2017 Administrator

A coordenadora do BE, Catarina Martins, mostrou-se hoje "absolutamente chocada" com o "silêncio cúmplice" da generalidade das autarquias enquanto eram destruídos os serviços públicos, garantindo que os bloquistas concorrem às eleições locais também para mudar esta realidade.

"Fico absolutamente chocada com o silêncio das autarquias durante anos e anos enquanto as suas populações viam ser degradados os serviços que lhes dão apoio", condenou Catarina Martins durante um comício da pré-campanha para as eleições autárquicas, que hoje decorreu ao final da tarde na Marinha Grande, distrito de Leiria, onde o BE apresenta como cabeça de lista a professora Ilda Coelho.

A coordenadora do BE criticou a forma "como os poderes autárquicos, um pouco por todo o país, na generalidade dos casos se calaram enquanto as condições de acesso à educação, à saúde, à cultura, às condições ambientais em cada uma das comunidades se foi degradando".

"Esse silêncio foi um silêncio cúmplice da destruição dos serviços públicos e é também para mudar este estado de coisas que o BE se apresenta às eleições autárquicas", concretizou

As eleições autárquicas de 01 de outubro têm que ser, para Catarina Martins, "uma afirmação da exigência do poder local".

"A ideia de que em cada freguesia ou em cada concelho, se o Governo manda apertar, se aperta ainda mais é uma ideia absolutamente perigosa sobre as condições de vida do nosso país", avisou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon