Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Catarina Martins responde a Jerónimo que "o BE não ataca o PCP"

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

A coordenadora do BE, Catarina Martins, disse hoje não perceber o porquê de o secretário-geral comunista ter tomado as dores dos "autarcas que se calaram perante as maldades da troika", rejeitando atacar o PCP, com quem tem caminhos convergentes.

O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, iniciou hoje a campanha eleitoral da CDU em defesa dos autarcas e do trabalho desenvolvido localmente, acusando Catarina Martins de ignorância quando disse, na segunda-feira, estar "absolutamente chocada" com o "silêncio cúmplice" da generalidade das autarquias enquanto eram destruídos os serviços públicos

"Eu critiquei autarcas que se calaram perante as maldades da troika. Jerónimo de Sousa tomou-lhe as dores, não percebo bem porquê e decidiu atacar o Bloco de Esquerda. Nós temos outros adversários e temos também caminhos convergentes para fazer juntos", respondeu Catarina Martins aos jornalistas, no final do comício de hoje à noite da campanha autárquica em Gondomar, no distrito do Porto.

A líder bloquista foi perentória: "O BE não ataca o PCP. Temos outros adversários e as pessoas sabem disso".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon