Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: CDU apresentou candidaturas a 304 dos 308 municípios

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/08/2017 Administrator

A CDU apresentou candidaturas para as eleições autárquicas de 01 de outubro a 304 dos 308 municípios e a 1.807 das mais de três mil freguesias do país, de acordo com dados fornecidos hoje pela coligação.

"A CDU - Coligação Democrática Unitária, PCP-PEV, que integra no plano político o Partido Comunista Português, o Partido Ecologista 'Os Verdes' e a Associação Intervenção Democrática (...) estará presente com candidaturas próprias aos órgãos municipais em todos os concelhos do continente e da Região Autónoma da Madeira e a 15 dos 19 concelhos da Região Autónoma dos Açores, ou seja a 304 dos 308 municípios do país", é referido numa nota de imprensa da CDU.

Ao nível das freguesias, lê-se no comunicado, foi apresentado "o maior número de sempre de listas -- 1.807 (mais 72 que nas eleições de 2013) para um universo de 3.092".

A CDU assinala ainda a participação nas listas de "largos milhares de independentes".

"Esta participação tem um valor acrescido decorrente da clara afirmação do projeto associado à CDU e da assumida presença com identidade própria, com os seus símbolos e sigla próprios, e não disfarçada em apoios explícitos e implícitos a listas de cidadãos eleitores que acolhem na maioria das situações, disfarçadas coligações, arranjos partidários ou espaço de promoção de ambições pessoais ou dos interesses dos grupos económicos", é referido.

O prazo para a entrega das listas de candidatos às autárquicas de 01 de outubro e dos orçamentos de campanha terminou na segunda-feira, a menos de dois meses das eleições.

Depois de entregues, as listas foram afixadas à porta dos tribunais competentes.

Hoje é feito o sorteio da ordem das listas nos boletins de voto.

Segue-se ainda um prazo para impugnações de candidaturas, até 14 de agosto, e outro para a verificação de listas, até dia 16 de agosto, seja por irregularidades, seja por faltarem candidatos nas listas ou pelo incumprimento das regras da paridade entre homens e mulheres.

As reclamações têm que estar resolvidas pelo juiz do tribunal competente até dia 25 de agosto e os recursos são feitos para o Tribunal Constitucional, que responde até 30 de agosto.

Para as eleições de 01 de outubro estão recenseados 9.396.680 eleitores, que podem votar nas próximas autárquicas, menos do que nas anteriores, em que estavam registados pouco mais de 9,5 milhões.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon