Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: CDU candidata dirigente sindical Cristiana Rodrigues em Aguiar da Beira

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/09/2017 Administrator

A dirigente sindical Cristiana Rodrigues é a candidata da CDU - Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV) à presidência da Câmara de Aguiar da Beira nas eleições do dia 01 de outubro, foi hoje anunciado.

A candidata, natural de Coruche, Aguiar da Beira, com 26 anos, é empregada de distribuição personalizada no hospital de Abrantes, dirigente do Sindicato da Hotelaria do Sul e da União de Sindicatos de Santarém e membro do PCP de Abrantes.

Cristiana Nunes Rodrigues, que se candidata pela primeira vez à liderança da autarquia de Aguiar da Beira, no distrito da Guarda, disse hoje à agência Lusa que aceitou o desafio porque pretende contribuir para o futuro do concelho e para que "haja mais proximidade das pessoas com o município".

"Quero apostar na terra que me viu nascer e quero o melhor para a minha terra e quero colocar Aguiar da Beira no mapa", acrescenta.

A candidata da CDU mostra-se preocupada com o futuro dos jovens do concelho, adiantando que, se for eleita presidente da autarquia, pretende trabalhar para que "tenham melhores oportunidades" e permaneçam no território.

Uma das ideias da sua candidatura passa pela aposta na formação dos jovens, "porque há muitos que desistem da escola e não têm possibilidade de irem mais além nos estudos".

A melhoria da qualidade de vida dos idosos é outra das preocupações da candidata, bem como o aumento do apoio às famílias carenciadas.

Defende ainda a fixação de empresas que criem emprego na área do município de Aguiar da Beira.

Cristiana Rodrigues diz que "gostava de obter um bom resultado" nas eleições do dia 01 de outubro, pois sendo eleita líder da autarquia iria "melhorar Aguiar da Beira".

O município de Aguiar da Beira é presidido pelo autarca independente Joaquim Bonifácio, que se recandidata ao segundo mandato autárquico.

No atual executivo, o movimento independente "Unidos pela nossa terra" tem a maioria, com três elementos, e o PSD possui dois.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon