Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: CDU diz que um bom resultado é ter assento nos orgãos municipais de Ponta Delgada

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/09/2017 Administrator

O candidato da CDU à Câmara Municipal de Ponta Delgada considerou hoje que um bom resultado no domingo é eleger representantes para o executivo, assembleias municipal e de freguesia, por via do crescimento eleitoral.

"Um bom resultado para a CDU era ter eleitos nos órgãos municipais a que se concorre, ou seja, juntas e assembleias de freguesia, assembleia e câmara municipal. O nosso objetivo é crescer eleitoralmente para termos mais força para defender as nossas posições", declarou à agência Lusa Rui Teixeira.

O candidato, que percorreu hoje várias artérias da baixa de Ponta Delgada, considerou que o balanço da campanha eleitoral é "muito positivo", graças ao "esclarecimento e mobilização" que proporcionou, acrescentando que foram levantados temas que "dizem respeito aos cidadãos de Ponta Delgada", como a necessidade de intervenção nos bairros sociais.

O cabeça de lista lamentou que o centro histórico da maior cidade dos Açores esteja a "ser retirado" a quem lá quer viver, porque "as condições de vida não o permitem".

"Tem-se visto por aí muitas proclamações de vontade, mas a verdade é que, quem tem estado no poder, na câmara municipal e no Governo Regional, durante quatro anos não fez nada para alterar esta realidade, nem temos esperança que venham a fazê-lo", declarou.

Rui Teixeira defendeu uma melhor rede de transportes públicos e mais estacionamento para as pessoas acederem ao comércio tradicional da baixa, mas, sobretudo, sublinhou a necessidade de criar condições para quem pretender viver na baixa, por via do arrendamento jovem e venda de habitações, por exemplo.

"Temos muitos espaços ocupados para alojamento turístico quando a Câmara Municipal de Ponta Delgada devia estar a regular este processo, não ficando de fora, de forma a que quem pretendesse viver na baixa, a tempo inteiro, pudesse fazê-lo, dando, assim, uma vida nova ao centro histórico", referiu.

Para o candidato, esta situação é reveladora do que se assiste nas opções políticas da autarquia e do executivo regional, ou seja, "quem dinheiro consegue" os seus objetivos, "ficando à margem" os restantes cidadãos.

São candidatos à Câmara de Ponta Delgada, para além de Kol de Carvalho, o atual presidente, José Manuel Bolieiro (PSD), Vítor Fraga (PS), Bruna Almeida (CDS-PP/PPM), Kol de Carvalho (BE), Rui Teixeira (CDU), Pedro Neves (PAN) e José Azevedo (Livre).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon