Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: CDU/Porto quer parques infantis e equipamentos de apoio às famílias

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

A candidata da CDU à Câmara do Porto, Ilda Figueiredo, defendeu hoje a criação de parques infantis e outros equipamentos de apoio às famílias no jardim da Corujeira e nos bairros do Falcão e Cerco, na freguesia de Campanhã.

"É o inóspito completo. Despejam-se para aqui as pessoas e não há nada que permita a ocupação saudável dos tempos livres das famílias", descreveu Ilda Figueiredo à Lusa, à margem de uma visita ao jardim da Corujeira, em "estado de abandono", e ao bairro do Falcão.

A candidata defende, por isso, a construção de "equipamentos sociais como parques infantis, rinques, bibliotecas ou ludotecas", numa proposta "transversal a toda a cidade" mas que se torna mais premente "nas zonas abandonadas de Campanhã, Aldoar ou Paranhos".

Ilda Figueiredo começou por criticar o abandono do jardim da Praça da Corujeira, em Campanhã, onde "as crianças têm de brincar na terra, porque não há nada".

"Mas no bairro do Falcão, ao lado, também não há nada. A Câmara está a iniciar a reabilitação de algumas paredes, mas não está nada previsto em termos de zonas de convívio, parques infantis ou para o lazer das famílias. E o mesmo se passa no bairro do Cerco, que visitamos no domingo", observou.

"Juntos, estes bairros [da freguesia de Campanhã] acolhem milhares de pessoas", frisou.

A candidata da CDU explicou que, para além de defender a construção de equipamentos de apoio às crianças e famílias, defende também que se devem dotar os bairros de maior dimensão de "equipas multidisciplinares de apoio".

Ilda Figueiredo notou ainda que, devido à morte do bispo do Porto, António Francisco dos Santos, a CDU decidiu manter "os contactos com as populações e instituições", que é algo que faz "durante todo o ano", retirando às iniciativas os "elementos festivos", como por exemplo "a instalação sonora".

São candidatos à Câmara do Porto o independente Rui Moreira, apoiado pelo CDS-PP e MPT, o socialista Manuel Pizarro, Álvaro Almeida, pela coligação PSD/PPM, Ilda Figueiredo, da CDU, João Teixeira Lopes, do BE, Bebiana Cunha, do PAN, Costa Pereira, do PTP, Sandra Martins, do PNR, e Orlando Cruz, do PPV/CDC.

O executivo da Câmara do Porto é composto por seis eleitos pelo movimento independente de Rui Moreira, três pelo PS, três pelo PSD (um deles, independente, tem pelouro atribuído por Moreira desde 2016, à revelia do partido, e a outro foi retirada a confiança política da concelhia social-democrata, no mesmo ano) e um da CDU.

As eleições autárquicas realizam-se a 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon