Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: CDU regressa hoje pela última vez na campanha ao Alentejo

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/09/2017 Administrator

A menos de uma semana das eleições, as caravanas partidárias vão hoje concentrar-se nos distritos de Aveiro e Santarém e na Área Metropolitana de Lisboa, com a CDU a regressar pela última vez na campanha ao Alentejo.

O dia do secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, começará em Moura, no distrito de Beja, um município que está há quase 20 anos nas mãos da CDU, que, em 2013, conseguiu manter a presidência da autarquia com uma diferença residual de votos em relação ao PS.

O almoço da caravana comunista será noutra autarquia liderada pela CDU onde as 'contas' poderão ser difíceis de fazer no domingo, a Vidigueira. Com o atual presidente da Câmara impedido de se recandidatar por ter atingido o limite de três mandatos consecutivos permitido por lei, a CDU aposta em Rui Raposo. Contudo, a candidatura "extra" e por um movimento independente da vice-presidente da Câmara de Vidigueira, eleita pela CDU em 2013, pode "baralhar" os resultados da corrida.

Dali Jerónimo de Sousa seguirá para Évora, outro município CDU. Há quatro anos, o histórico autarca comunista Carlos Pinto de Sá deixou Montemor-o-Novo, onde já não se podia recandidatar, para 'roubar' Évora aos socialistas e, agora, apresenta-se de novo aos eleitores.

O dia dos comunistas vai terminar num concelho PS, Viana do Alentejo, onde o atual presidente da Câmara, Bernardino Bengalinha Pinto, quer conseguir um terceiro e último mandato consecutivo.

Pelo PS, o dia da caravana irá começar de manhã com uma viagem de metro do secretário-geral socialista, António Costa, desde a estação de Odivelas até ao Rato, em Lisboa, percorrendo toda a linha amarela do metropolitano.

Depois de atravessar aqueles dois concelhos socialistas, ao final da tarde António Costa chegará a Cascais, município liderado há 16 anos pelos sociais-democratas, para uma ação de campanha junto à estação de comboios.

À noite, a caravana 'rosa' volta a 'jogar em casa', com um comício no concelho de Sintra, onde Basílio Horta vai tentar o segundo mandato à frente da autarquia, depois de em 2013 ter vencido por uma diferença de cerca de 1.700 votos para Marco Almeida, que então concorreu como independente. Agora, Marco Almeida volta a candidatar-se, mas como cabeça de lista de uma coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM.

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, continua a campanha a norte, começando o dia em Águeda, concelho por onde o secretário-geral do PS também passou na segunda-feira para apoiar o cabeça de lista PS à câmara, Paulo Seara, que vai tentar manter a autarquia em 'mãos' socialistas.

Depois de Águeda, Passos Coelho seguirá a meio da tarde para Aveiro, onde fará um passeio de Moliceiro na ria. Em Aveiro, Ribau Esteves recandidata-se ao segundo mandato pela coligação PSD/CDS-PP/PPM.

A líder do CDS-PP e candidata à Câmara de Lisboa, Assunção Cristas, prosseguirá a campanha na capital, mas fará ao final da manhã um 'desvio' até ao município socialista de Alcochete, onde o partido concorre em coligação com o PSD para voltar a tentar eleger o atual vereador Vasco Pinto, antigo cabo do grupo de forcados dos Amadores de Alcochete, que avançou nas últimas eleições na lista do CDS-PP.

O BE andará pelo distrito de Santarém, num dia de campanha que irá começar e acabar em Torres Novas, uma autarquia socialista onde os bloquistas voltam a apresentar às urnas a antiga deputada Helena Pinto, que há quatro anos conseguiu ser eleita vereadora.

Assim, pela manhã, a coordenadora nacional, Catarina Martins, fará uma visita ao mercado municipal de Torres Novas, voltando depois ao concelho para um jantar. À tarde, a caravana bloquista passará ainda pelo Entroncamento, município que o PS conquistou em 2013 ao PSD e onde o BE também elegeu um vereador.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon