Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Cidadãos por Coimbra quer mais dinheiro para as juntas de freguesia

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/09/2017 Administrator

O candidato à Câmara pelo movimento Cidadãos por Coimbra, Jorge Gouveia Monteiro, defendeu hoje que é necessário transferir mais dinheiro para as juntas de freguesia, que não podem ser tratadas "como repartiçõezitas" da autarquia.

"Os presidentes da junta não podem ser tratados como repartiçõezitas da Câmara, como pequenas delegações do município a quem se dá uns trocados para manter a escola e as valetas e fazer umas limpezas", disse à agência Lusa o cabeça de lista do movimento de cidadãos.

Para Gouveia Monteiro, "as juntas têm de ter meios para fazer os seus investimentos próprios", considerando que a transferência de mais dinheiro para as juntas permitiria melhorar "a coesão social e o recentramento das identidades" das próprias populações.

"Se houver dinheiro para projetos locais, garantidamente que se criam postos de trabalho locais, criam-se acontecimentos e eventos", argumentou, sublinhando que, se "toda a gente paga IMI [Imposto Municipal sobre Imóveis], é justo que o dinheiro seja gerido localmente".

Para Gouveia Monteiro, uma maior verba para as juntas permitiria também inverter o "deslaçamento da identidade" a que muitas localidades do concelho foram votadas, transformadas "em dormitórios que não se reconhecem a si próprias".

"O que está em causa é o modelo de governação, que deverá ser o mais plural dos últimos 30 anos - coisa que não me tenho cansado de aplaudir", frisou, notando que há a possibilidade de estarem representadas cinco forças no executivo e sem perspetiva de maiorias absolutas.

"Vai haver muita permeabilidade da câmara às novas ideias", destacou o candidato, que falava à Lusa durante um almoço do movimento Cidadãos por Coimbra, em Almalaguês.

Para a cabeça de lista à Assembleia Municipal pelo movimento, Graça Simões, Almalaguês é um símbolo daquilo que se passa nas freguesias mais rurais do concelho - exclusão, desordenamento e falta de aproveitamento do património e cultura.

Segundo a candidata, é preciso "mais dinheiro" para as juntas, mas também assegurar uma maior participação dos cidadãos nas freguesias.

Nas eleições autárquicas de 01 de outubro, são candidatos à Câmara de Coimbra o atual presidente da Câmara, Manuel Machado (PS), Francisco Queirós (CDU), Jorge Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Vítor Ramalho (PNR), Jaime Ramos (PSD/CDS-PP/PPM/MPT), José Manuel Silva (Somos Coimbra) e Vítor Marques (PAN).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon