Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Coligação CDS-PP/PSD candidata engenheiro Pedro Janeiro em Cuba

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 Administrator

O engenheiro agrónomo Pedro Janeiro vai ser o candidato da coligação CDS-PP/PSD à Câmara de Cuba, no distrito de Beja, gerida pela CDU, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, foi hoje anunciado.

Segundo a concelhia de Cuba do CDS-PP, num comunicado enviado à agência Lusa, Pedro Janeiro, de 33 anos, é licenciado e mestre em Engenharia Agronómica, pós-graduado em Gestão Empresarial e mestre em Gestão e trabalha no escritório de Beja de uma empresa de consultoria nos setores agroalimentar, agrícola e florestal.

A Câmara de Cuba é liderada pelo comunista João Português, que foi eleito nas anteriores autárquicas, em 2013, cumpre o primeiro mandato, dispõe de maioria absoluta e lidera um executivo composto por três eleitos pela CDU e dois pelo PS.

Após duas candidaturas sem conseguir chegar à presidência, a primeira em 2005 e a segunda em 2009, João Português candidatou-se pela terceira vez e foi eleito presidente da Câmara de Cuba pela CDU em 2013, quando reconquistou para os comunistas a "simbólica" autarquia, que esteve nas "mãos" do PS durante 16 anos.

João Português, que se recandidata pela CDU para tentar um segundo mandato, o engenheiro civil Luís Barriga, pelo PS, e Pedro Janeiro, pela coligação CDS-PP/PSD, são os candidatos conhecidos, até hoje, à presidência da Câmara de Cuba, nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

A CDU lidera oito dos 14 municípios do distrito de Beja (Alvito, Barrancos, Beja, Cuba, Castro Verde, Moura, Serpa e Vidigueira) e o PS seis (Aljustrel, Almodôvar, Ferreira do Alentejo, Mértola, Odemira e Ourique).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon