Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Coligação Funchal Forte quer governação mais ágil para o município

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/08/2017 Administrator

A candidatura da Coligação Funchal Forte à Câmara Municipal do Funchal afirmou hoje que concorre às eleições de 01 de outubro de "forma desinteressada", mas com o objetivo de contribuir para uma "governação com agilidade" do município.

"Faremos as coisas como a cidade merece: com determinação e com força, para que tenhamos no futuro uma governação com agilidade e uma certa celeridade naquilo que aos cidadãos interessa resolver no dia-a-dia", disse Edgar Silva, número dois da candidatura, após a entrega das listas no Tribunal da Comarca da Madeira.

A Coligação Funchal Forte é composta pelo Partido Popular Monárquico (PPM) e pelo Partido Unido dos Reformados e Pensionistas (PURP), mas os candidatos são na maioria independentes.

O cabeça de lista é Gil Canha, que é deputado independente na Assembleia Legislativa da Madeira, e que não esteve presente no momento da entrega de listas por se encontrar fora da região autónoma.

"Estamos aqui de forma desinteressada. Concorremos de forma tão livre e sem amarras a ninguém, que não ficaremos tristes com aquilo que os eleitores decidam", afirmou Edgar Silva, vincando, no entanto, que "se tivermos a sorte de participar na governação da cidade, claro que vamos ser determinados e exercer o nosso poder no sentido de a orientar para o melhor".

O candidato explicou que o projeto assenta, sobretudo, na humanização do município, com destaque para a habitação social, a promoção do emprego e a luta contra a precariedade ao nível dos organismos e empresas municipais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon