Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas/Faro: PS quer envolver todos na construção do futuro

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

O socialista António Eusébio quer reaver para o PS a Câmara de Faro, perdida há oito anos, com a aposta numa candidatura que visa envolver a população na construção do futuro do concelho.

O ex-autarca, que durante 12 anos presidiu à Câmara de São Brás de Alportel, lançou um programa eleitoral participado para Faro, que entre abril e setembro recolheu mais de 1.000 inquéritos com propostas dos munícipes para o próximo mandato.

Depois de ter introduzido o Orçamento Participativo naquele concelho, contíguo a Faro, António Eusébio quer agora também, caso seja eleito a 01 de outubro, implementar o projeto na capital algarvia.

De acordo com o candidato, nascido em Faro há 50 anos, outro dos vetores do seu programa é melhorar a mobilidade no concelho, tanto ao nível das acessibilidades para os cidadãos, como em relação à mobilidade turística e económica.

Em causa estão projetos como uma terceira circular rodoviária nas pontes de Marchil que facilite a ligação de Faro ao Montenegro, uma via pedonal pela ria Formosa que ligue o Parque Ribeirinho ao Montenegro e uma ligação de metro de superfície que ligue Faro ao aeroporto e à universidade.

Virar Faro para a sua frente-mar é outra estratégia defendida, aproveitando as infraestruturas do cais comercial e reconvertendo-as juntamente com a zona industrial do Bom João.

António Paulo Jacinto Eusébio é licenciado em Engenharia Civil, tem um mestrado em Construção e é professor universitário. É também presidente da Federação do Algarve do PS e, desde 2015, deputado.

Além de presidente da Câmara de São Brás de Alportel (eleito em 2001, 2005 e 2009), foi presidente da Assembleia Municipal desse concelho e ocupou funções na Comunidade Intermunicipal do Algarve, na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve, no Conselho Económico e Social da Universidade do Algarve.

A Câmara de Faro é presidida por Rogério Bacalhau, eleito pela coligação PSD/CDS/MPT/PPM, que conquistou em 2013 quatro mandatos. O PS somou outros quatro e o PCP/PEV obteve um assento.

A tendência eleitoral em Faro tem sido habitualmente a de alternância de poder entre o PS e o PSD.

Contudo, nas últimas eleições de 2013, a coligação encabeçada pelo PSD conseguiu uma reeleição em Faro, embora não com o mesmo candidato (em 2009 o candidato era Macário Correia).

Os candidatos à Câmara de Faro são António Eusébio (PS), Maria Eugénia Taveira (BE), Rogério Bacalhau, atual presidente e que se recandidata pela coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM, Paulo Baptista (PAN), António Mendonça (CDU) e Humberto Correia (Campanha do Amor).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon