Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Ferreira dos Santos (BE) quer Câmara de Matosinhos a apoiar ex-reclusos

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

O candidato do BE à Câmara Municipal de Matosinhos, Ferreira dos Santos, disse hoje que a autarquia deve assumir a responsabilidade de prestar apoio aos ex-reclusos para que possam ter um futuro "digno". "A câmara deve assumir a responsabilidade de prestar apoio aos ex-reclusos, que depois de cumprir a pena aplicada passam a ser cidadãos livres, para que tenham condições para ter um futuro decente e não terem de começar do zero", afirmou após uma ...

O candidato do BE à Câmara Municipal de Matosinhos, Ferreira dos Santos, disse hoje que a autarquia deve assumir a responsabilidade de prestar apoio aos ex-reclusos para que possam ter um futuro "digno".

"A câmara deve assumir a responsabilidade de prestar apoio aos ex-reclusos, que depois de cumprir a pena aplicada passam a ser cidadãos livres, para que tenham condições para ter um futuro decente e não terem de começar do zero", afirmou após uma visita ao Estabelecimento Prisional de Custóias, em Matosinhos.

Na sua opinião, é também necessário "humanizar" a situação dos reclusos, considerando errado estarem misturados presos preventivos com presos a cumprir pena efetiva.

"É pedagogicamente errado misturar reclusos que cometeram crimes graves com outros que estão a aguardar julgamento por terem sido apanhados sem carta de condução", exemplificou.

Ferreira dos Santos apontou ainda a sobrelotação das cadeias como outro problema a resolver porque, entendeu, é "inadmissível" uma prisão ter o dobro da sua lotação, tal como acontece com a cadeia de Custóias, que está preparada para 600 reclusos e tem mais de 1.200.

A acompanhar o candidato estava o deputado do BE José Manuel Pureza, que sustentou que é necessário criar, para as pessoas detidas, horizontes de vidas alternativas àquelas que as trouxeram às prisões.

"É preciso entender se existem nas cadeias condições de habitabilidade, formação profissional e escolar, segurança ou alimentação adequada", considerou.

José Manuel Pureza asseverou ainda que a reinserção social, a qualidade do edificado, os horários dos guardas prisionais e a sobrelotação são outros dos aspetos a ter em conta para que Portugal tenha um bom sistema prisional.

São candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, Luísa Salgueiro (PS), Jorge Magalhães (PSD), José Pedro Rodrigues (CDU), Ferreira dos Santos (BE), Filipe Cayolla (PAN), Narciso Miranda (independente) e António Parada (independente com apoio do CDS-PP).

O executivo da Câmara de Matosinhos é composto por seis elementos do Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos, dois do PS, um do PSD, um da CDU (com pelouro atribuído por Guilherme Pinto) e um independente.

As eleições autárquicas estão agendadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon