Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Independente João Nascimento desiste da corrida à Câmara de Viseu

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/07/2017 Administrator

O independente João Nascimento disse hoje ter desistido da 'corrida' à Câmara de Viseu por "motivos pessoais" e por entender que o concelho ainda não está preparado para ter um candidato independente.

"Viseu tem muitos heróis no Facebook e poucos homens na rua e ainda não está preparado para ter um candidato independente. Há muito medo do poder instituído, as pessoas falam baixinho e por detrás, como era no tempo da 'velha senhora', mas depois ninguém dá a cara e sozinho não posso mudar o mundo", sustentou.

Em declarações à Lusa, João Nascimento referiu que a sua candidatura, anunciada no início de maio, tinha por objetivo melhorar "as condições em que Viseu se encontra", afirmando que vê o concelho como "um ducado do doutor Almeida Henriques e do PSD".

"Nem na comunicação social foi dada relevância à minha candidatura, com exceção da Agência Lusa e da Rádio Jornal do Centro", lamentou.

No início de maio, João Nascimento anunciou que iria encabeçar a lista do Partido Unido dos Reformados e Pensionistas (PURP) à Câmara de Viseu nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

Na altura, justificou a sua candidatura com o facto de o concelho "só ter evoluído em rotundas".

"Não tem indústria, só tem serviços e comércio, está uma cidade completamente vazia", acrescentou.

Já no final de maio, o então candidato fez saber que prescindiu do apoio do Partido Unido dos Reformados e Pensionistas (PURP), justificando que o seu "ideal político" não se enquadrava com a filosofia das atuais forças partidárias.

João Nascimento continuaria por mais algumas semanas na 'corrida' mesmo sem qualquer apoio partidário, acabando por desistir da candidatura.

São candidatos à presidência da Câmara de Viseu o atual autarca, Almeida Henriques (PSD), Lúcia Araújo Silva (PS), Paula Amaral (CDS-PP), Filomena Pires (CDU) e Fernando Figueiredo (BE).

Nas eleições autárquicas de 2013, o PSD foi o partido mais votado em Viseu, conquistando 46,37% dos votos (cinco mandatos). O PS obteve com 26,84% dos votos (três mandatos) e o CDS-PP obteve 9,56% dos votos (um mandato).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon