Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Investimento e emprego são 'bandeiras' da candidata independente em Portalegre

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/09/2017 Administrator

A candidata independente à Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira, defendeu hoje que o futuro do concelho passa pela captação de investimento e emprego e pelo setor do turismo, após quatro anos "difíceis", devido à elevada dívida municipal.

Antes de vencer com maioria absoluta as eleições autárquicas em 2013, liderando a Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP), Adelaide Teixeira governou o município, eleita pelo PSD, desde a renúncia de Mata Cáceres, a meio do seu terceiro e último mandato, em 2010.

"Queremos continuar a apostar na captação de investimento, porque é fundamental termos emprego. Aliás, é uma das coisas que as pessoas preferem a tudo o resto, que é, de facto, chegarem ao final do mês e terem como pagar as suas contas e dar qualidade de vida aos seus familiares", disse.

A candidata da CLIP, que falava à agência Lusa à margem de uma ação de campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 01 de outubro, no Mercado Municipal de Portalegre e num outro espaço comercial daquela cidade alentejana, garantiu ainda que, caso seja eleita, a CLIP vai "apostar fortemente" na qualidade de vida dos cidadãos, no turismo, no desporto e na cultura.

Bastante acarinhada pelos populares nos espaços comerciais e nas ruas que percorreu em campanha, Adelaide Teixeira recordou que os últimos quatro anos de governação "não foram fáceis", situação que agora se altera, uma vez que a dívida municipal se situa nos 26 milhões de euros, saindo-se, dessa forma, do excesso de endividamento.

"Não posso dizer que tenham sido fáceis [quatro anos de mandato], nós já o sabíamos. Foi preciso muito rigor [para gerir a dívida], muita contenção e isso vê-se a nível dos recursos humanos. Nesse sentido, nós temos que apostar mais a nível operacional, vamos abrir concursos no final deste ano, já está no saneamento financeiro contemplado", sublinhou.

A falta de limpeza nas ruas da cidade tem sido um dos problemas levantados pelos candidatos à Câmara de Portalegre, situação que Adelaide Teixeira espera ver resolvida, uma vez que já foi "aprovada por unanimidade", pela câmara e pela assembleia municipal, a contratação de "18 pessoas operacionais para a parte do ambiente", devendo entrar em 2019 "mais 25 pessoas e outras tantas em 2020".

Além de Adelaide Teixeira, apresentam-se como candidatos à Câmara de Portalegre José Correia da Luz (PS), Armando Varela (PSD), Luís Pargana (CDU), Nuno Moniz (CDS-PP) e Rui Cunha (BE).

O atual executivo municipal é composto por quatro eleitos da CLIP, dois do PS e um da CDU (PCP/PEV).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon