Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Jaime Ramos admite derrota e diz que fez leitura de Coimbra diferente da maioria

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/10/2017 Administrator

O candidato da coligação PSD/CDS-PP/PPM/MPT (Mais Coimbra), Jaime Ramos, assumiu hoje a derrota nas autárquicas, em Coimbra, e afirmou que fez leitura diferente do estado da cidade daquela que foi feita pela maioria dos munícipes.

"A minha leitura de Coimbra não é igual à que as pessoas de Coimbra fazem. Acho que Coimbra está num declínio muito grave, juntamente com a região, mas esta minha leitura não é aquela que as pessoas de Coimbra fazem. As pessoas de Coimbra estão satisfeitas com elas, com a cidade e com o doutor Manuel Machado [presidente da Câmara eleito pelo PS]", afirmou o cabeça de lista da coligação Mais Coimbra, que falava aos jornalistas na sede do PSD na cidade.

Para Jaime Ramos, "há aqui uma separação muito clara" entre aquilo que foi a sua leitura da cidade e aquilo que a maioria das pessoas fizeram, admitindo a derrota para o PS e a reeleição de Manuel Machado.

O candidato referiu que não está desiludido e sublinhou que "as pessoas de Coimbra escolheram o futuro com base no passado recente".

"Só temos que felicitar as pessoas, pela escolha que fizeram, e Manuel Machado, pelo seu sucesso", afirmou.

Questionado pelos jornalistas, Jaime Ramos reiterou que não vai assumir as suas funções como vereador, algo que já tinha dito durante a campanha.

Sobre os possíveis acordos do PS caso não consiga a maioria absoluta, o candidato pela coligação Mais Coimbra afirmou que Manuel Machado "está a ser sensato neste momento em não tomar uma decisão", mas acredita que vá tentar uma solução do "mesmo tipo" da alcançada em 2013, em que a CDU ficou com o pelouro da habitação.

Já sobre o PSD, Jaime Ramos frisou que o partido "vai seguramente colaborar com a gestão da Câmara Municipal de Coimbra, de acordo com aquilo que é a sua perspetiva, que é a de um partido de oposição, que perdeu as eleições e que seguramente vai-se preparar para, no futuro, vir a ganhar a Câmara Municipal de Coimbra".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon