Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Jerónimo sublinha trabalho da CDU de há 40 anos e não descoberto agora

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/09/2017 Administrator

O secretário-geral do PCP vincou hoje a tradição de há 40 anos do seu partido e aliados nas autarquias, procurando distinguir-se de outras forças políticas, ao voltar a falar de ignorância face ao poder local.

"Sempre com as populações e a sua participação. Não descobrimos agora o que há 40 anos fazemos como ninguém. Com o envolvimento real e permanente da população e das suas organizações, e não em arremedos participativos para serem notícia", afirmou Jerónimo de Sousa, num comício autárquico da CDU, que junta comunistas, ecologistas e independentes, no Teatro Garcia de Resende, em Évora.

Na segunda incursão alentejana em oito dias de campanha oficial, o líder comunista disse que "faz pena ouvir os que põem em confronto desenvolvimento e resposta a necessidades básicas, que confundem investimento com despesismo, que contrapõem obras e equipamentos coletivos à também necessária resposta no plano social".

"Só por ignorância do que é o poder local se compreendem tais afirmações", lamentou, prometendo que "ninguém ouvirá a CDU a difamar ou diminuir o poder local democrático na expectativa que isso dê uns votos", pois trata-se de "uma conquista de Abril, um espaço de transformação das condições de vida e de trabalho em prol das populações" e "não uma arena de conflitos ou uma feira de vaidades".

Para Jerónimo de Sousa, "na CDU dá-se prioridade ao debate das soluções, à construção de propostas para responder aos problemas locais, ao trabalho concreto, à realização de obra", reiterando "o seu reconhecido trabalho, honestidade e competência".

"Sim camaradas, a recuperação há quatro anos deste município restabeleceu o percurso de trabalho, honestidade e competência que fez de Évora, nos sucessivos mandatos da CDU presididos pelo Abílio Fernandes, uma referência nacional e internacional", afirmou, garantindo que nova vitória servirá para continuar a "reparar os estragos da [anterior] gestão desastrosa do PS".

Antes, o atual presidente do município e recandidato, Carlos Pinto de Sá (CDU), também discursou, defendendo o seu projeto e garantindo já ter 20 milhões de euros de investimento assegurado.

São também candidatos Elsa Teigão (PS), António Costa da Silva (PSD), Maria Helena Figueiredo (BE), Pedro D'Orey Manoel (CDS-PP/MPT/PPM) e André Sapage (PAN).

No atual mandato, o executivo municipal é composto por quatro eleitos da CDU, dois do PS e um da coligação PSD/CDS-PP.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon