Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: João Ferreira (CDU) quer lutar pelo direito à cidade, "sem exclusões e sem desigualdades" em Lisboa

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/09/2017 Administrator

O candidato da CDU à Câmara de Lisboa, João Ferreira, disse hoje que as eleições são uma batalha numa "luta mais ampla" pela efetivação do direito à cidade para todos, "sem exclusões e sem desigualdades". Rodeado de apoiantes da CDU (PCP/PEV) num restaurante em Lisboa, João Ferreira defendeu a "construção de uma cidade onde sejam eliminadas, se possível, ou, pelo menos, fortemente atenuadas, as desigualdades e exclusões que hoje existem na fruição ...

O candidato da CDU à Câmara de Lisboa, João Ferreira, disse hoje que as eleições são uma batalha numa "luta mais ampla" pela efetivação do direito à cidade para todos, "sem exclusões e sem desigualdades".

Rodeado de apoiantes da CDU (PCP/PEV) num restaurante em Lisboa, João Ferreira defendeu a "construção de uma cidade onde sejam eliminadas, se possível, ou, pelo menos, fortemente atenuadas, as desigualdades e exclusões que hoje existem na fruição da cidade, do viver social em Lisboa".

Para o candidato da CDU, existem um conjunto de direitos, nomeadamente a habitação, a mobilidade, os transportes públicos, os espaços verdes, a cultura e o desporto, que têm que ser assegurados na cidade de Lisboa.

"O direito a viver a cidade, a fruir a cidade, sem exclusões e sem desigualdades, exclusões e desigualdades que se acentuaram talvez como há muito tempo não se via ao longo dos últimos anos em Lisboa", advogou o eurodeputado e também vereador.

De acordo com João Ferreira, "a cidade é percorrida hoje por interesses contraditórios, antagónicos até", já que o interesse do especulador imobiliário não é o interesse daqueles que procuram habitação a preços acessíveis em Lisboa.

Atacando a atual gestão municipal, o candidato da CDU defendeu que a natureza de um poder municipal se define pelos interesses que defende e pela posição que toma face aos interesses contraditórios.

"Para a CDU sempre foi muito claro que este direito à cidade implica afrontar interesses poderosos que têm contado com a compreensão e muitas vezes a cumplicidade por parte de quem tem tido responsabilidades no poder municipal", avançou João Ferreira.

Contando com a presença do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, o candidato à Câmara de Lisboa lembrou a voz que a CDU tem tido na denúncia destas situações, mas que apresenta também alternativas e soluções para os grandes problemas com que a cidade se confronta.

"Não abdicamos nunca, ao longo destes anos, de ser uma oposição crítica, exigente, que soube denunciar o que tinha que ser denunciado, mas sempre construtiva", frisou o também vereador, ambicionando conseguir nestas eleições dar "mais força à CDU" para que possa ter "um papel determinante" na gestão municipal em Lisboa.

Neste mandato, a CDU teve dois vereadores na Câmara de Lisboa, João Ferreira e Carlos Moura. Nestas eleições, a coligação PCP/PEV está convicta de que vai conseguir mais um vereador, que será a arquiteta Ana Jara.

Nas eleições de 01 de outubro concorrem em Lisboa Assunção Cristas (CDS-PP/MPT/PPM), João Ferreira (CDU), Ricardo Robles (BE), Teresa Leal Coelho (PSD), o atual presidente, Fernando Medina (PS), Inês Sousa Real (PAN), Joana Amaral Dias (Nós, Cidadãos!), Carlos Teixeira (PDR/JPP), António Arruda (PURP), José Pinto-Coelho (PNR), Amândio Madaleno (PTP) e Luís Júdice (PCTP-MRPP).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon