Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas/Leiria: Raul Castro procura terceiro mandato com argumento de "obra feita"

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/09/2017 Administrator

Licenciado em Ciência Política, o presidente da Câmara de Leiria, Raul Castro, de 68 anos, desenvolveu a sua carreira na Direção Geral dos Impostos, tendo sido diretor da 2.ª Direção de Finanças de Lisboa.

Há vários anos que se dedica à causa pública e, depois de ter sido presidente da Câmara Municipal da Batalha e vereador da Câmara Municipal de Leiria, cumpre agora um segundo mandato como presidente desta autarquia.

O candidato do PS, que em 2009 sucedeu à social-democrata Isabel Damasceno, está empenhado em cumprir o último mandato consecutivo que a lei permite à frente do município.

Sob o lema de "obra feita", tem destacado nas suas intervenções a credibilidade e a confiança na sua governação.

O autarca tem procurado dar dinamismo ao tecido empresarial, de que é exemplo a aquisição do parque industrial de Monte Redondo, recentemente comprado por cinco milhões de euros.

O concelho de Leiria ficou no 8.º lugar no indicador "negócios" atribuído pelo Portugal City Brand Ranking 2017, que analisa os negócios, o turismo e as condições de vida dos 308 municípios portugueses. O mesmo ranking colocou Leiria em sexto lugar como a melhor cidade para se viver.

Segundo a sua candidatura, foram criadas 1.879 novas empresas no concelho, durante o último mandato, número que Raul Castro pretende aumentar no seguimento da reforma fiscal, incluindo a diminuição da derrama. Se no primeiro mandato a preocupação consistiu em colocar as "contas em ordem", Raul Castro, que é também o presidente da Comunidade Intermunicipal de Leiria, quer apostar no desenvolvimento económico, cultural e educativo.

Desde 2009, segundo a autarquia, a dívida consolidada do município foi reduzida em 68%, situando-se no final de 2016 em 41,2 milhões de euros, quando em 2009 era de 109,6 milhões de euros.

Segundo o candidato do PS, foi "esta gestão permitiu que a Câmara de Leiria esteja agora em condições de maximizar o aproveitamento dos fundos comunitários do Portugal 2020 sem fazer dívida".

O autarca já anunciou que Leiria vai concorrer a Capital Europeia da Cultura em 2027 e prevê para os próximos anos um investimento em centros escolares e reabilitação de escolas de cinco milhões euros.

Nas eleições autárquicas de 2013, o PS foi o partido mais votado no concelho de Leiria, conquistando 46,31% dos votos (sete mandatos).

O PSD obteve 27,85% (quatro mandatos), o CDS-PP conseguiu 4,67% e o PCP-PEV alcançou 4,42%.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon