Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Marcelo recusa "qualquer interpretação de apoio específico" a Leal Coelho

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/09/2017 Administrator

O Presidente da República recusou hoje qualquer "tentativa de aproveitamento ou manipulação da sua posição", sublinhando que não pode ser feita uma "interpretação de apoio específico" à candidata do PSD pelo facto de a ter cumprimentado no Chiado.

"Como é evidente, o Presidente da República não apoia nenhuma candidatura eleitoral e reprova qualquer tentativa de aproveitamento ou manipulação da sua posição", lê-se numa nota divulgada no 'site' da Presidência da República.

Na nota é referido que, esta tarde, quando Marcelo Rebelo de Sousa se dirigia da Igreja do Loreto para Belém (em Lisboa), cruzou-se com "muitos lisboetas em diversas ações de campanha, de pelo menos três partidos, que saudou, como sempre faz".

"Quando estava no carro parado no trânsito, cruzou uma quarta candidatura, tendo a cabeça de lista atravessado a rua para o cumprimentar. Nada neste encontro autoriza qualquer interpretação de apoio específico", lê-se ainda, numa referência à candidata do PSD à Câmara de Lisboa, Teresa Leal Coelho.

Em declarações ao jornal 'online' Observador divulgadas antes da publicação desta nota, Teresa Leal Coelho disse que o chefe de Estado lhe tinha dado "uma palavra amiga, de apoio".

"Veio dar-me uma palavra amiga, de apoio", afirmou ao Observador a candidata social-democrata.

Em declarações à agência Lusa, o Presidente da República tinha já explicado que que foi à missa no Chiado, em Lisboa, onde se cruzou com apoiantes de várias caravanas eleitorais e, mais tarde, com a candidata Teresa Leal Coelho.

Marcelo Rebelo de Sousa adiantou que, nas imediações da Igreja do Loreto, no Chiado, encontrou pessoas das campanhas do PS, da CDU e do CDS-PP e que já seguia no carro, na Rua Dom Pedro V, quando Teresa Leal Coelho o avistou e atravessou a rua para o cumprimentar.

Hoje, último dia de campanha para as eleições autárquicas de domingo, concentraram-se na zona do Chiado entre o início e o final da tarde, as candidaturas locais e dirigentes nacionais do PS, da CDU e do CDS-PP.

A candidata do PSD à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, Teresa Leal Coelho, teve uma ação de rua entre a Basílica da Estrela e a Rua da Escola Politécnica, no Príncipe Real, com início pelas 15:30.

A agência Lusa contactou a candidatura de Teresa Leal Coelho, mas não foi ainda possível obter uma resposta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon