Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Melhor resultado de sempre não elege vereador ao BE no Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/10/2017 Administrator

O candidato do BE à Câmara do Porto, João Teixeira Lopes, admitiu hoje que falhou "o objetivo de eleger um vereador e de tirar maioria a Rui Moreira", apesar de ter atingido o melhor resultado de sempre na cidade.

A noite foi longa na sede bloquista, pairando no ar a possibilidade de ser eleito o primeiro vereador para a câmara portuense, mas apesar da positividade entre os apoiantes, os surgimentos das primeiras projeções apontavam que não era desta que o BE atingia esse objetivo histórico.

Apesar de ter conquistado o melhor resultado de sempre na autarquia, com 5,34% dos votos, face aos 5,02% de 2009, o discurso de João Teixeira Lopes não fugiu ao desapontamento de não ter conseguido cumprir os maiores objetivos.

"Vamos ter um acréscimo significativo de 30% ou 40% para a Câmara Municipal, mas é seguro que falhamos no objetivo de eleger um vereador. Isso tem de ser claramente assumido e falhamos também o objetivo de retirar a maioria absoluta a Rui Moreira", assumiu.

A meio da noite, João Teixeira Lopes disse à Lusa que ia ser "muito difícil" eleger um vereador, mas que ainda assim havia aspetos positivos a sublinhar, algo que se veio a provar quando, depois do discurso final, soube-se dos resultados finais da Assembleia Municipal, onde o BE conseguiu eleger três deputados, retirando assim a maioria a Rui Moreira nesse órgão.

"Tudo indica que Moreira vai ter maioria no executivo, por isso acresce a nossa responsabilidade de sermos agentes fiscalizadores, atentos e também com propostas. Mas posso garantir que estaremos sempre presentes, atentos e críticos. A nossa voz é insubmissa", afirmou.

Sobre os deputados municipais e nas freguesias, garantiu que o partido vai "formar uma boa rede", e daqui a quatro anos vão "prestar contas com clareza e certas, como é costume o BE fazer sempre.

Dirigindo-se aos apoiantes de uma "campanha entusiasmante", o cabeça de lista pediu para não olharem para os momentos como "memórias", mas sim como "um estímulo para o futuro".

"Não há lugar para desânimo, há lugar para força acrescida, acima de tudo para que nos mantenhamos atentos e que saibamos dar à cidade o que ela nos dá a nós. É uma cidade generosa, temos de ser generosos também com ela", apelou.

Sobre a possibilidade de propor o cabeça de lista do BE para Assembleia Municipal, João Semedo, para presidente desse órgão, João Teixeira Lopes foi assertivo em recusar essa possibilidade, adiantando ainda que os bloquistas apoiarão "o candidato que o PS apresentar, porque isso é o que faz sentido".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon