Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Narciso Miranda critica quem está a deixar Matosinhos "sem voz e afirmação"

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/09/2017 Administrator

O candidato independente à Câmara Municipal de Matosinhos Narciso Miranda criticou hoje quem conduziu o concelho "para uma situação em que vai perdendo voz e afirmação", considerando como seu maior adversário "o laxismo e a abstenção".

"Já governei Matosinhos com governos de esquerda, centro e direita. Com qualquer governo, as pessoas sabem que comigo há firmeza, determinação, projetos sustentados e convictos, e têm que ouvir a voz e respeitar o peso de Matosinhos. Estou aqui para unir, convergir e incluir", afirmou o cabeça de lista do movimento "Narciso Miranda por Matosinhos".

À margem de uma ação de rua sobre mobilidade, na qual abordou "as pequenas obras de última hora", o ex-autarca de 68 anos, apontou para ruas "pejadas de lixo, buracos, trânsito entupido, jardins em que desapareceu a cor verde" e o "trânsito completamente bloqueado em todas as freguesias" como algumas preocupações.

"Que me interessa anunciar um palácio ou um prédio maior que a Torre dos Clérigos, se depois o trânsito está todo entupido, se as ruas estão cheias de lixo, os passeios cheios de buracos, se temos o jardim mais central de Matosinhos sem casa de banho e na praia também. Como é possível Matosinhos se ter degradado tanto nestes últimos anos?", questionou.

Narciso Miranda acusou ainda "a maioria da câmara eleita como independentes que agora parecem candidatos pelo Partido Socialista (PS)".

"Eu sei porquê, eles têm razão, eles sabem que eu conheço Matosinhos como a palma das minhas mãos, conheço todos os dossiês. Mas se têm esta preocupação e receio, os matosinhenses precisam de uma pessoa reivindicativa, que coloque Matosinhos na liderança da Área Metropolitana do Porto, no norte do país e em Lisboa, a ser ouvido e respeitado. E comigo sabem que, qualquer que seja o governo, vai ouvir a voz de Matosinhos e vai voltar a respeitar Matosinhos", argumentou.

São candidatos à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, Luísa Salgueiro (PS), Jorge Magalhães (PSD), José Pedro Rodrigues (CDU), Ferreira dos Santos (BE), Filipe Cayolla (PAN), Narciso Miranda (independente) e António Parada (independente com apoio do CDS-PP).

O executivo da Câmara de Matosinhos é composto por seis elementos do Grupo de Cidadãos Eleitores Guilherme Pinto por Matosinhos, dois do PS, um do PSD, um da CDU (com pelouro atribuído por Guilherme Pinto) e um independente.

As eleições autárquicas estão agendadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon