Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: PAN encabeçado por Bebiana Cunha quer eleger dois deputados no Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/07/2017 Administrator

O partido PAN-Pessoas-Animais-Natureza, que pela primeira vez se vai candidatar nas eleições autárquicas na cidade do Porto, tem como objetivo eleger dois deputados à Assembleia Municipal, indicou hoje a cabeça de lista, Bebiana Cunha.

Na apresentação da candidatura - sessão que contou com intervenções quer da líder da lista, quer dos também candidatos Ernesto Morais e Miguel Costa - Bebiana Cunha apontou que o PAN encara o "desafio com humildade e realismo, mas também com determinação".

"Estamos, por isso, empenhados em ter uma voz ativa na cidade do Porto nos próximos quatro anos, com a eleição de dois deputados municipais. Queremos uma cidade com uma política pública integrada, que inclua o bem-estar das pessoas, dos animais, e do ambiente. Queremos ser a voz dos assuntos esquecidos", disse.

Bebiana Cunha recordou que, nas autárquicas de 2013, o PAN fez um "acordo programático" com o também candidato, Manuel Pizarro (PS).

"Mas as medidas acordadas não foram efetivadas, pelo que decidimos agora percorrer o nosso caminho", referiu.

De entre várias medidas elencadas pela candidatura do PAN ao Porto, destacam-se a criação da figura de Provedor Municipal dos Animais, uma figura que "atue na defesa imparcial dos direitos e interesses dos animais da cidade, a quem os cidadãos e associações possam recorrer".

O PAN também quer criar um Centro de Atendimento Veterinário Permanente destinado a animais em risco, abandonados ou detidos por pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconómica.

A sensibilização da população para a importância da esterilização como medida de prevenção ao flagelo do abandono e da reprodução descontrolada dos animais e assegurar a realização de campanhas de esterilização, aplicada aos animais detidos por pessoas em dificuldades financeiras são outros dos objetivos.

Bebiana Cunha destacou, ainda, a necessidade de construção de parques caninos na cidade integrados em espaços de lazer já existentes, uma medida que, disse, "permita àqueles animais correrem livremente e socializarem com outros".

Em matéria de mobilidade, o PAN enfatizou que "mobilidade não significa mais estradas, mais faixas de rodagem ou mais túneis", defendendo a necessidade de "afastar o automóvel do centro da cidade, privilegiando transportes públicos, meios suaves como as bicicletas ou a partilha de veículos".

A candidata também apontou como medida o aproveitamento de terrenos abandonados para a criação de hortas e pomares comunitários e dedicou um capítulo da apresentação ao tema do turismo.

"Queremos tirar partido do elevado número de visitantes à nossa cidade para criar estratégias eficazes que nos conduzam a um turismo mais sustentável e com menos impactos ambientais e sociais negativos", apontou.

Em jeito de síntese, a candidata do PAN, que além de encabeçar a lista à Câmara do Porto também é número um à Assembleia Municipal, afirmou que esta é a "oportunidade de contribuir ativamente para melhorar a qualidade de vida dos portuenses e de criar um Porto mais sustentável e amigo dos animais".

Além de Bebiana Cunha (PAN), concorrem à Câmara do Porto o independente Rui Moreira, apoiado pelo CDS-PP e MPT, Manuel Pizarro do PS, Álvaro Almeida pelo PSD/PPM, Ilda Figueiredo da CDU, João Teixeira Lopes do Bloco de Esquerda e Orlando Cruz (PPV/CDC).

As eleições autárquicas estão marcadas para 01 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon