Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Autárquicas: Passos pede a Costa explicações sobre obras por fazer

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/09/2017 Administrator

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, desafiou o primeiro-ministro a dar explicações hoje em Viseu sobre obras programadas e não concretizadas no distrito, e defendeu que existe "uma marca de água" da gestão social-democrata.

Num jantar autárquico de apoio ao atual presidente da Câmara de Viseu e recandidato ao cargo, António Almeida Henriques, o líder social-democrata referiu-se à presença próxima de António Costa, que também terá hoje um comício no concelho.

"Como nós gostaríamos que desse uma boa explicação para não termos uma ligação entre Coimbra e Viseu adequada. Porque é que não temos a linha da Beira Baixa a funcionar como estava previsto, uma linha da Beira Alta renovada, a ligação de Aveiro a Salamanca? Era isso que gostaria que o primeiro-ministro dissesse", desafiou.

Passos Coelho lamentou que, com metade da legislatura passada, várias obras, incluindo algumas que afetam o município de Viseu, tenham "ficado na prateleira".

Num jantar com centenas de apoiantes na capital de distrito, o líder do PSD elogiou o trabalho dos últimos quatro anos de Almeida Henriques, considerando que não apenas "aproveitou a herança" do histórico autarca Fernando Ruas, mas foi à procura de mais.

"António Almeida Henriques contribuiu em Viseu também para reforçar a marca de água do que é a gestão social-democrata, seja nas autarquias, nas freguesias ou no país", defendeu.

Para Passos, essa gestão caracteriza-se por "gente que não fica sentada à espera que a sorte a favoreça, que as boas notícias lhe venham banhar as mãos, mas vai à procura das oportunidades".

Na sua intervenção, Almeida Henriques prometeu que, se for eleito, manterá a aposta no desenvolvimento económico, sublinhando que no seu primeiro mandato foram assinados "23 contratos de investimento", que representaram mais de 132 milhões de euros e 1.400 postos de trabalho diretos.

Almeida Henriques aproveitou para anunciar que a afluência à Feira de São Mateus - que Passos Coelho irá visitar depois do jantar-comício - atingirá este ano um novo recorde: 1,2 milhões de pessoas.

"Temos de continuar este caminho", apelou, pedindo uma votação reforçada no dia 01 de outubro.

Almeida Henriques tem como adversários em Viseu Lúcia Araújo Silva (PS), Paula Jacinta Amaral (CDS-PP), Filomena Pires (CDU), Fernando Figueiredo (BE) e Carolina Almeida (PAN).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon